Cultura

Museu do Folclore implanta projeto de acessibilidade na área da exposição

De acordo com a prefeitura, o projeto foi viabilizado com recursos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

24/01/2022 às 08:25.
Atualizado em 24/01/2022 às 08:25
Acessibilidade no Museu do Folclore (Divulgação)

Acessibilidade no Museu do Folclore (Divulgação)

O Museu do Folclore de São José dos Campos colocou em prática uma das inovações previstas para este ano, quando completa 25 anos de criação. Trata-se de um projeto de acessibilidade voltado ao atendimento de pessoas com deficiência (principalmente auditiva e visual). A iniciativa auxilia na comunicação e participação inclusiva da comunidade.

A novidade está à disposição deste público na área da exposição permanente, durante as visitas espontâneas. Na prática, em cada uma das sete salas da exposição há um tablet com um vídeo produzido em áudio descrição (descrever imagens por meio das palavras), Libras e legendas, relatando o conteúdo de cada espaço.

De acordo com a prefeitura, o projeto foi viabilizado com recursos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, por meio do Proac (Programa de Ação Cultural), e implantado pela empresa Arteinclusão Consultoria, de São Paulo, especializada na elaboração, implantação e avaliação de exposições e projetos de acessibilidade cultural em museus e instituições culturais, entre outros serviços.

“Com esta inovação, o Museu do Folclore aprimora e amplia o atendimento aos seus visitantes, especialmente às pessoas com deficiência auditiva e visual. Por enquanto estamos utilizando o novo recurso nas visitas espontâneas, mas daqui a uns dois meses já teremos condição de programar o agendamento de grupos específicos”, enfatiza a gestora do museu, Francine Maia.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por