Cultura

Flim encerra edição 2021 em São José e comemora resultados

Domingo também foi dia da última mesa literária, que trouxe os escritores regionais mais votados pelo público para apresentarem seus lançamento

20/09/2021 às 08:39.
Atualizado em 20/09/2021 às 08:39
Flim, em São José (Reprodução)

Flim, em São José (Reprodução)

O último dia da Flim (Festa Literomusical do Parque Vicentina Aranha), em São José dos Campos, teve programação infantil, Carla Yahn “cantadora” narrou a história de “Inaê e o Arco Mágico” nas redes sociais do Parque. O público pôde curtir uma história mágica repleta de elementos musicais, visuais e rítmicos.

Domingo também foi dia da última mesa literária, que trouxe os escritores regionais mais votados pelo público para apresentarem seus lançamentos.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp: https://bit.ly/ovale-agora-3 & receba matérias exclusivas. Fique bem informado!

A votação que aconteceu do dia 9 a 16 de setembro, contou com mais de 19 mil acessos! Os escritores e livros escolhidos para comporem a mesa foram: Madalena Gil com o livro “Uma linda prova de amor” (6.483 votos); Wagner Marcilio com o livro “Eternas são as palavras” (5.657 votos); Pedro Melo e Jaime Lemes com o livro “Mulheres por natureza repórteres por vocação” (1.166 votos); Diego Sant’Anna com o livro “Fragmentos líricos” (1.161 votos); e Clara Dunand com o livro “Dizem que dentes de leão realizam desejos” (826 votos).

A mesa literária que teve transmissão ao vivo, foi aberta por Valéria Israel, gestora cultural da Afac (Assoc. para o Fomento da Arte e da Cultura), e contou com a participação de Carol Rodrigues, curadora da feira, Rodrigo Cabrera Gonzales, representando a Academia Joseense de Letras, e Mariana Mendes, curadora do prêmio Jabuti e convidada para mediar a mesa.

O bate-papo, além de revelar talentos locais e suas obras, foi um espaço de compartilhamento de experiências e sentimentos, principalmente no que se refere ao ato de escrever e criar em meio a pandemia. Segundo Madalena Gil “nós estamos vivendo um momento em que as pessoas no isolamento buscam uma forma de preencher um vazio.... o meu livro já estava há muito tempo engavetado.... e eu estava esperando uma oportunidade para poder lançá-lo e essa oportunidade chegou a partir da Flim, ajudando a amenizar uma fase muito difícil da minha vida, o falecimento do meu filho”. Com falas emocionantes como essa, os escritores também abordaram sobre o poder da literatura, processos criativos e os desafios que o escritor enfrenta.

O show de encerramento apresentado ao vivo nas redes do Parque direto do Caec (Centro Ambiental Edoardo Bonetti foi de Hercules Gomes), considerado um dos mais representativos pianistas brasileiros da atualidade. Da valsa ao samba, Hercules também apresentou composições próprias e declarou seu amor à música brasileira, em especial ao frevo, “um dos gêneros que mais me identifico e que mais representa o Brasil, não encontramos nada assim em nenhum lugar do mundo”.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por