Cinema

"Essa história começou em Taubaté", conta Jeferson De, novo membro da academia do Oscar

Diretor taubateano aceitou convite para participar da academia de um dos prêmios mais importantes do cinema

Thais Perez
30/06/2022 às 14:19.
Atualizado em 01/07/2022 às 09:53
Jeferson De (Divulgação)

Jeferson De (Divulgação)

O diretor taubateano Jeferson De aceitou o convite para participar da academia de um dos prêmios mais importantes do cinema, o Oscar. O convite foi feito a Jeferson e outros cineastas como Selton Mello, Bruno Barreto e outros brasileiros nesta semana. Ele fará parte de uma lista de diretores, atores e produtores de diversos países.

"Aceitei o convite com muita honra", disse Jeferson com exclusividade a OVALE. "Estar ao lado dos grandes criadores do cinema é uma grande honra e é uma alegria enorme poder participar ativamente da construção do cinema", completou o taubateano.

Jeferson De lançou seu primeiro longa-metragem em 2011, chamado "Bróder", que foi selecionado no 60º Festival de Berlim e tendo recebido o prêmio de melhor filme pela APCA (Associação Paulista de críticos de arte) e 11 indicações no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. O roteiro do filme foi selecionado no VI Laboratório de Roteiros do Instituto Sundance.

Em 2013 foi ganhador do 2º Emmy Kids Awards e do Prix Jeunesse Iberoamericano na categoria ficção para 12 anos. Seu segundo longa-metragem foi “O Amuleto”, e em 2016 lançou “Correndo Atrás”, baseado no livro de Helio de La Peña. Em 2018, lançou o longa "M8 – Quando a Morte Socorre a Vida" sobre um jovem estudante de Medicina, e em 2021, "Doutor Gama", obra biográfica sobre o advogado abolicionista Luís Gama. Atualmente, Jeferson está dirigindo a novela "Além da Ilusão", no ar às 18h na TV Globo.

O sucesso de Jeferson De fez com que ele se tornasse um dos principais representantes do cinema brasileiro no mundo, o que foi coroado com o convite feito pela academia. "Isso me remete o impacto que os cinemas de taubaté tiveram na minha carreira. O Cine Metrópole, o Cine Palas... poder assistir os filmes de Mazzaropi... fico muito feliz dessa história incrivel que começou na zona rural de Taubaté", finaliza.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas é uma organização profissional honorária dedicada ao desenvolvimento da arte e ciência do cinema. Fundada em 11 de maio de 1927, na Califórnia, Estados Unidos, é composta por mais de oito mil membros. Apesar de a maior parte deles serem estadunidenses, a filiação é aberta a cineastas qualificados de todo o mundo. São os membros dela que escolhem os filmes indicados e vencedores do Oscar.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por