Viver

Dilema: quem deve pagar o "date"? É machismo esperar que o homem pague tudo?

Comunicação na hora de sair é a melhor maneira de evitar saias justas

20/05/2022 às 19:05.
Atualizado em 20/05/2022 às 19:05
Primeiro encontro pode ser o último se expectativas não forem correspondidas (Reprodução)

Primeiro encontro pode ser o último se expectativas não forem correspondidas (Reprodução)

Um "date", ou melhor, uma "saída" ou até "encontro", começa sempre com um belo passeio, conversas mágicas de quem está se conhecendo melhor, uma boa comida e quem sabe uma taça de vinho. Cada passo dado é um suspiro de alívio e se os dois chegarem até o fim da noite, quer dizer que tudo está indo bem. Até que chega ela, a temida conta.

Esse é um momento que pode gerar constrangimento, briga e virar motivo para que o segundo "date" não aconteça.

Em tempos antigos, a conta não passava pelas mãos de uma mulher, já que a sociedade não permitia que elas fossem financeiramente independentes ou fizessem parte de qualquer decisão importante.

Esses motivos já não existem mais no século em que vivemos, mas as raízes deles parecem continuar escondidas nas relações modernas. Alguns homens optam por pagar a conta para mulheres, o que pode ser visto como machismo. Afinal, por que perpetuar a ideia de que a mulher não tem dinheiro para cuidar das próprias finanças?

Contudo, essa intenção, em alguns casos, não é desmerecer a decisão da mulher, mas é um ato de cavalheirismo. Uma palavra um tanto quanto antiquada para explicar um ato de empatia que deveria ser praticada por ambos os gêneros.

Silvia Vasconcelos, 31 anos, no entanto, passou por uma saia justa no final de uma saída. Ela recebeu uma planilha no excel com todos os gastos feitos pelo casal, divididos para que Silvia pudesse pagar sua parte.

Segundo Silvia, o problema não foi pagar sua parte, mas sim receber uma conta após o date, após o parceiro ter pagado tudo. Ali, o problema não foi mesquinhez, mas talvez, a falta de comunicação entre o casal para acertar as contas, afinal, ambos haviam curtido a noite, quando a conta já está paga, para que voltar no assunto? A maneira com que o "date" de Silvia cobrou foi o que chamou a atenção nas redes sociais. Um pouco metódico, né?.

Há mulheres que pensam que os homens devem pagar a conta. Contudo, é necessário desconstruir a ideia de que gênero influencia esse tipo de decisão. Em relações homossexuais, por exemplo, esse detalhe é irrelevante. O que deve imperar nesse momento é a educação e cortesia. Se o valor for baixo, considere pagar a conta inteira..<ct:Bold

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por