Nossa Região

Sinal analógico de TV será desligado em mais 27 cidades da região

Famílias atendidas por programas sociais do Governo Federal poderão ganhar kits gratuitos para adaptar o televisor

Da Redação
29/08/2018 às 21:39.
Atualizado em 08/07/2021 às 15:44
Sinal analógico de TV sera desligado dia 28 de novembro  (Divulgação )

Sinal analógico de TV sera desligado dia 28 de novembro (Divulgação )

No dia 28 novembro, o sinal analógico de televisão será desligado em 27 cidades do Vale do Paraíba, Litoral Norte, Vale Histórico e região. A programação dos canais abertos será transmitida apenas pelo sinal digital, com imagem e som de cinema. Para continuar assistindo à programação, todas as residências da região precisam ter uma antena digital e um aparelho de televisão preparado para receber o sinal digital.

Saiba se a sua casa já está preparada ou se será necessário providenciar mudanças para continuar assistindo os canais abertos de televisão:

1) Antena – Nem toda antena consegue captar o sinal digital de televisão. A antena deve ser digital e a recomendação da Seja Digital, empresa responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no país, é que o modelo seja externo, instalado no telhado da casa.

2) Televisor – Se o aparelho for uma televisão de tubo, será necessário instalar um conversor de sinal. Se o televisor for de tela fina e não estiver preparado para receber o sinal digital, também precisará de um conversor de sinal. Para ter certeza se o televisor já tem o conversor, consulte o manual do fabricante.

3) TV paga ou parabólica: Se você utiliza algum desses serviços, não será necessário adaptar sua TV ou antena. Em todo caso, entre em contato com sua operadora ou com um antenista para garantir a continuidade do serviço em todos seus televisores.

O desligamento do sinal analógico de TV ocorrerá em 28 de novembro de 2018, em 27 municípios da região: Caraguatatuba, Arapeí, Areias, Bananal, Bom Jesus dos Perdões, Cunha, Ilhabela, Jambeiro, Joanópolis, Lagoinha, Lavrinhas, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Nazaré Paulista, Paraíbuna, Piracaia, Queluz, Redenção da Serra, Santa Branca, Santo Antonio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São José do Barreiro, São Luiz do Paraitinga, São Sebastião, Silveiras, Ubatuba e Vargem.

Inclusão Digital

As famílias de baixa renda atendidas pelo Governo Federal nas 27 cidades devem verificar se têm direito a receber um dos kits gratuitos com antena digital, conversor e controle remoto. A população deve acessar o site sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para o número 147 com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos. Se o nome estiver na lista, é só escolher o dia, horário e local para retirar os equipamentos.

Por meio do site e do telefone, a população também pode tirar dúvidas sobre as mudanças trazidas pela TV digital e sobre como se preparar para receber o novo sinal.

As famílias de 27 cidades da região que têm direito de receber os kits gratuitos, podem concorrer a prêmios de R$ 2 mil, em cartões pré-pagos. Para participar, é necessário, primeiro, verificar se têm direito ao kit distribuído pela Seja Digital. Com o kit em mãos, basta seguir as instruções para instalar o conversor e a antena digital. No final do processo de instalação aparece um código na tela da TV, que deve ser inscrito no site sejadigital.com.br/concorra ou no telefone 147 (ligação gratuita). Informando o código, a família já estará participando do sorteio e concorrendo aos prêmios.

Os sorteios serão realizados até o desligamento do sinal analógico de TV, que acontecerá no dia 28 de novembro. O próximo sorteio acontecerá no dia 17 de outubro e o nome dos vencedor será divulgado no site da Seja Digital e em sua página no Facebook.

Digitalização passou por grandes cidades

No último ano, as regiões de São Paulo (39 cidades), Goiânia (29 cidades), Recife (14 cidades), Salvador (20 cidades), Fortaleza (15 cidades), Vitória (7 cidades), Rio de Janeiro (19 cidades) e Belo Horizonte (39 cidades) já tiveram o sinal analógico desligado. Em 2016, a mudança já ocorreu na cidade-piloto de Rio Verde (GO), em Brasília e outras 9 cidades do entorno. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por