Blindagem

Sessão Extra: Câmara rejeita requerimentos que pediam explicações sobre obras paralisadas

Com a rejeição dos requerimentos, Prefeitura de São José dos Campos não é obrigada a fornecer os dados para o Legislativo

Da Redação
30/06/2022 às 21:09.
Atualizado em 30/06/2022 às 21:09
Obra paralisada no Jardim Santa Maria, em São José dos Campos (Reprodução)

Obra paralisada no Jardim Santa Maria, em São José dos Campos (Reprodução)

Requerimento

Com votação decisiva da base aliada ao governo Anderson Farias (PSD), a Câmara de São José dos Campos rejeitou nessa semana dois requerimentos que pediam à Prefeitura esclarecimentos sobre obras de pavimentação que estão paralisadas em dois bairros.

Paralisação

Os dois requerimentos foram apresentados pelo vereador Júnior da Farmácia (União). Segundo o vereador, as obras no Capão Grosso e no Jardim Santa Maria estão paradas, "causando transtornos aos moradores".

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-36

Obras

Essas obras fazem parte de um pacote que é executado em cinco bairros da cidade, a um custo de R$ 1,762 milhão. Ao todo, seis vias do Capão Grosso (1), Santa Hermínia (1), Chácara Araújo (1), Jardim Mesquita (1) e Jardim Santa Maria (2) receberão serviços de terraplenagem, drenagem e pavimentação. O prazo seria de seis meses.

Blindagem

A rejeição de requerimentos é uma forma de blindar o governo Anderson, já que esse tipo de documento deve ser respondido obrigatoriamente em 15 dias quando aprovado em plenário. Com a rejeição, a Prefeitura não é obrigada a responder à Câmara.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por