OVALELab.com Univap

Anatomia do crime: OVALELAB.com Univap traça raio-x dos homicídios em São José

Caderno especial produzido por alunos da Universidade do Vale do Paraíba mostra principais dados relacionados ao crime na maior cidade da região

Patrick C. Santos
29/10/2021 às 19:44.
Atualizado em 30/10/2021 às 02:04

Com um índice médio de 5,17 homicídios a cada 100 mil habitantes registrado no ano de 2020, São José dos Campos possui índices que apresentam uma queda drástica no números de assassinatos registrados nos últimos 20 anos. 

A título de comparação, a taxa de homicídios a cada 100 mil/hab em 2001 era de 42,15, uma queda de quase 88% nos casos. Em escala nacional, a média dos números de homicídios em todo o Brasil, no ano passado, foi de 27,8 casos. A ONU (Organização das Nações Unidas) considera aceitável o índice máximo de 10 homicídios a cada grupo de 100 mil.

Os dados municipais foram obtidos com exclusividade por OVALE com a Polícia Civil de São José, e mostram que a cidade se tornou um ‘oásis’ diante dos problemas de segurança no Vale do Paraíba, região mais violenta do interior de São Paulo.

Na atual edição do OVALELAB.com Univap, você confere uma verdadeira anatomia do crime na maior cidade da região, para entender o perfil das vítimas, o mapa dos homicídios e as principais motivações. Confira:

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por