Pandemia

Ômicron 'infelizmente' chegará ao Brasil, diz presidente do Butantan

Sequenciada pela África do Sul na última semana, a ômicron foi classificada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como “variante de preocupação”

Das agências
28/11/2021 às 16:59.
Atualizado em 28/11/2021 às 16:59
Dimas Covas (Divulgação)

Dimas Covas (Divulgação)

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou neste domingo que o Brasil “infelizmente” vai ter casos da ômicron, nova cepa do coronavírus. Ao jornal Folha de S.Paulo, Covas diz que “resta saber se [a variante] será contida”.

Sequenciada pela África do Sul na última semana, a ômicron foi classificada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como “variante de preocupação”, por sua maior transmissibilidade. A organização fala em “evidências preliminares sugerem um risco aumentado de reinfecção com esta variante”, em comparação com outras. Ao menos 10 países já registraram casos de infecção pela ômicron.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por