Voto Regional

Voto que Vale: RMVale tem 1,92 mihão de eleitores e força para aumentar representatividade política

Com 1,92 milhão de eleitores aptos a votar, o Vale do Paraíba terá o desafio de eleger parlamentares que aumentem a representatividade política da região

01/07/2022 às 16:36.
Atualizado em 03/07/2022 às 01:37
‘Voto que Vale’: nova campanha incentiva voto regional para fortalecimento da RMVale (Vitor Fracchetta/OVALE)

‘Voto que Vale’: nova campanha incentiva voto regional para fortalecimento da RMVale (Vitor Fracchetta/OVALE)

A Região Metropolitana do Vale do Paraíba se prepara para a maior eleição da sua história, pelo menos no que se refere ao número de eleitores.

De acordo com dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que ainda podem sofrer mudanças até a eleição, a região conta atualmente com 1,92 milhão de eleitores, à frente dos 1,9 milhão de eleitores da eleição anterior.

Entre no nosso grupo do WhatsApp e fique sempre ligado nas notícias mais importantes da RMVale, do Brasil e do mundo - Clique aqui e esteja sempre bem informado!

São pessoas aptas a votar em 2 de outubro deste ano, no primeiro turno, e no final do mesmo mês, caso haja necessidade de segundo turno. Eles poderão votar em presidente da República, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

É a oportunidade de aumentar a representatividade política da RMVale, hoje considerada baixa diante da importância econômica, tecnológica e de inovação da região em todo o país.

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da RMVale, OVALE, Band Vale e ACI (Associação Comercial e Industrial) de São José dos Campos lançaram a campanha ‘Voto que Vale’, que visa fortalecer a representatividade política da região.

A campanha conta com o apoio de Next7, Aconvap (Associação das Construtoras do Vale do Paraíba), Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) e Aorta Comunicação.

ELEITORADO

O maior crescimento do eleitorado no Vale comparado às eleições de 2020 deu-se no público eleitor de 16 anos, quando o voto ainda é facultativo.

Segundo os dados do TSE, o total de eleitores nessa faixa cresceu 85%, passando de 3.185 para 5.898. Também com o voto facultativo, os eleitores de 17 anos caíram 3%, com 10,4 mil contra 10,8 mil em 2020.

As duas faixas etárias representam 0,85% do eleitorado da região, com 16,3 mil eleitores. Eles ficam abaixo da faixa acima de 70 anos, quando também o voto é facultativo. Os eleitores do Vale nesse segmento somam 177,8 mil, 9% do eleitorado.

A maior parte do eleitorado da região tem entre 25 e 59 anos. A faixa de 25 a 34 anos conta com 376,5 mil eleitores (19,5%), a de 35 a 44 anos com 404,6 mil (21%) e a de 45 a 59 anos com 487,7 mil (25,3%). Entre 60 e 69 anos são 233,8 mil (12%) e de 18 a 24 anos a região tem 224 mil eleitores (11,6%).

As mulheres são maioria entre os aptos a votar na região: 53% do total de eleitores, com os homens ficando com 47%.

INSTRUÇÃO

Ainda segundo o TSE, 35% dos eleitores do Vale têm o ensino médio completo, com 670,7 mil pessoas nessa condição.

Os 379,5 mil eleitores que não completaram o ensino fundamental representam 19,8% da totalidade. Já os que cursaram o nível superior são 16%, com 307,3 mil pessoas.

O ensino médio incompleto aparece em 11,34%, com 216,7 mil eleitores, seguido do ensino fundamental completo (7% e 135 mil), superior incompleto (5,49% e 104,8 mil) e os que apenas leem e escrevem, com 2,8% (53,5 mil).

Os eleitores que se registraram como analfabetos são 2,22% do eleitorado do Vale, com 42,3 mil pessoas.

PARTIDOS

A quantidade de eleitores filiados a partido político caiu 5% desde a última eleição presidencial, em 2018, com 194,5 mil atualmente contra 205,3 mil na região. Para esta eleição, os eleitores engajados do Vale estão filiados a 32 partidos.

Os partidos tradicionais têm mais eleitores no Vale: MDB (32,2 mil), PSDB (20,8 mil), PTB (15,9 mil), PP (15,6 mil), PT (14,8 mil), União Brasil (10,5 mil), PL (9.956 mil), PDT (9.126), PSB (7.206) e PV (6.842).

Já Novo (792), PTC (771), Pros (765), Rede (253), PCO (22) e PCB (14) são os que têm menos partidários entre os eleitores da região.

Dos 32 partidos dos eleitores da região, 22 reduziram o número de filiados desde a eleição de 2018. Quem mais perdeu foi o PTC (-42%), Novo (-19%) e PCO (-8%).

Do outro lado, entre os nove partidos que aumentaram os eleitores filiados no Vale, destacam-se as legendas Psol (+7%), Republicanos (+6%) e DC (4,5%).

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por