Felicio no PSD

‘Surpreso’ e ‘triste’, Cury acusa Felício de ‘abandonar a prefeitura’ por projeto eleitoral

Em comunicado, deputado federal diz que tentou convencer Felicio a ficar na prefeitura até o final do mandato

Xandu Alves
18/01/2022 às 20:19.
Atualizado em 18/01/2022 às 20:47

Cacique histórico do PSDB, o deputado federal Eduardo Cury (PSDB) reagiu com “surpresa e tristeza”, segundo nota enviada a OVALE, pela decisão de Felicio Ramuth de “abandonar a prefeitura de São José” em troca de um projeto político.

Cury afirmou que, ao lado de Emanuel Fernandes, principal nome do partido em São José, tentou convencer Felicio a permanecer na prefeitura e disse que administrar a cidade é “muito mais importante que qualquer projeto eleitoral”.

O prefeito de São José dos Campos se filiou ao PSD nesta terça-feira (18), depois de 28 anos ligado ao PSDB, e vem sendo cotado como principal nome do partido para disputar o governo de São Paulo.

Cury e Emanuel foram figuras importantes nas eleições vencidas por Felicio em São José. O atual prefeito ocupou o cargo de secretário de Transportes e assessor de Planejamento de Comunicação da prefeitura, além de ter sido presidente da Urbam (Urbanizadora Municipal), durante o mandato de Eduardo Cury como prefeito da cidade.

Segundo Cury, ele e Emanuel gostariam que Felicio “cumprisse o mandato até o final, pois achamos que é o que a cidade espera dele”.

No final da nota, Cury diz que aconselhou Felicio a permanecer na prefeitura e diz que administrar São José é “mais importante do que qualquer projetoi eleitoral”.

“Eu e Emanuel o aconselhamos a permanecer no cargo nos próximos três anos e depois disso buscar outras alternativas, pois a cidade é muito mais importante que qualquer projeto eleitoral.”

Procurado sobre a nota de Eduardo Cury, o prefeito Felicio disse que não vai comentar o assunto.

PSD

Na solenidade de filiação ao PSD, Felicio disse que “o PSDB de hoje não nos representa mais”. “Ações da gestão estadual e partidária resultaram na mudança política”, afirmou o agora ex-tucano.

Felicio disse que a proposta e o estatuto do PSD atraíram “o grupo de São José” para “construir um futuro político”.

Ele fez questão de ressaltar que a mudança de partido não foi uma decisão solitária, mas do “grupo de São José”. Além dele, o vice-prefeito Anderson Ferreira também deixou o PSDB e se filiou ao PSD.

No evento de filiação, com a participação de caciques do PSD de São Paulo, Felicio foi apontado como um dos principais nomes do partido para disputar o Palácio dos Bandeirantes.

Felicio disse que essa é uma decisão que será tomada “no tempo certo” e que ainda não está consolidada dentro do partido.

 Leia a nota de Eduardo Cury na íntegra:

“Recebemos com surpresa e tristeza a decisão do prefeito Felício Ramuth de abandonar a prefeitura de São José. Ele está fazendo um bom trabalho como prefeito, eu e Emanuel o apoiamos na última eleição e gostaríamos que ele cumprisse o mandato até o final, pois achamos que é o que a cidade espera dele. Eu e Emanuel o aconselhamos a permanecer no cargo nos próximos três anos e depois disso buscar outras alternativas, pois a cidade é muito mais importante que qualquer projeto eleitoral”.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por