Política

De olho no Palácio, Felicio critica o PSDB de Doria e abre espaço para debandada tucana em S. José

Prefeito da maior cidade do Vale se filia ao PSD nesta terça-feira (18) e é apontado como principal nome para disputar governo de São Paulo

Xandu Alves
18/01/2022 às 14:29.
Atualizado em 18/01/2022 às 14:29
Felicio Ramuth, Anderson Farias e representantes do PSD (Foto: Xandu Alves/ OVALE)

Felicio Ramuth, Anderson Farias e representantes do PSD (Foto: Xandu Alves/ OVALE)

Filiado ao PSD de Gilberto Kassab nesta terça-feira (18), o prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth, apontou a gestão estadual e partidária do PSDB como o principal motivo para deixar a legenda, depois de mais de 20 anos.

Sem citar diretamente o governador João Doria (PSDB), governo ao qual enfrentou em vários momentos da pandemia, com decisões contrárias às de Doria, Felicio disse que “o PSDB de hoje não nos representa mais”.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-25

“Ações da gestão estadual e partidária resultaram na mudança política”, afirmou o agora ex-tucano.

Felicio disse que a proposta e o estatuto do PSD atraíram “o grupo de São José” para “construir um futuro político”. Ele fez questão de ressaltar que a mudança de partido não foi uma decisão solitária, mas do “grupo de São José”. Além dele, o vice-prefeito Anderson Ferreira também deixou o PSDB e se filiou ao PSD.

Felicio não confirmou se o deputado federal Eduardo Cury e os cinco vereadores do PSDB em São José também deixarão o partido, mas tampouco garantiu que eles permanecerão na legenda. Segundo ele, o grupo deverá tomar uma decisão depois do primeiro trimestre, quando a troca de partido não implicará na perda do mandato legislativo.

A solenidade de filiação de Felicio e Anderson ocorreu nesta terça-feira (18), no auditório do Colinas Green Tower, em São José. O evento contou com lideranças políticas do PSD da região e de outras cidades, com vereadores, prefeitos e parlamentares, como o deputado federal Marco Bertaiolli e os prefeitos Mario Botion (Limeira) e Caio Aoqui (Tupã), além de João Francisco Aprá, vice-presidente nacional do PSD.

No evento, Felicio foi apontado como um dos principais nomes do partido para disputar o governo de São Paulo nas eleições deste ano. Segundo Felicio, essa é uma decisão que será tomada “no tempo certo”. Mesmo sem confirmar que disputará o Palácio dos Bandeirantes, Felicio não rejeitou a ideia.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por