Eleições 2022

Cury diz que PSDB de São José discute saída de Felicio e estratégias de futuro nesta segunda

Deputado federal não quis comentar a desfiliação do prefeito de São José e se vai ficar na legenda; em Cruzeiro, elogiou e ganhou afagos de Doria

Xandu Alves
22/01/2022 às 15:14.
Atualizado em 24/01/2022 às 12:27

Cacique histórico do PSDB e principal liderança da legenda na RMVale, o deputado federal Eduardo Cury disse que o partido vai se reunir na próxima segunda-feira para discutir a saída do prefeito Felicio Ramuth, que trocou o PSDB pelo PSD na última semana.

Cury participou na manhã deste sábado (22) da solenidade de anúncios de investimento do governo estadual em Cruzeiro. Ao todo, o governador João Doria (PSDB) anunciou um pacote de R$ 260,9 milhões para a região.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-26

Questionado por OVALE sobre a saída de Felicio, Cury não quis responder e disse apenas que o partido se reunirá na próxima segunda, em São José, para discutir a situação.

“Sobre Felicio eu não vou falar nada. Vamos reunir o partido em São José para discutir o assunto”, afirmou.

AFAGOS

Em Cruzeiro, Cury e Doria trocaram afagos depois de o deputado federal ter apoiado o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, nas prévias tucanas para escolher o candidato à Presidência da República. O pleito foi vencido por Doria.

No palco, diante de prefeitos e vereadores do Vale e secretários estaduais, Cury elogiou Doria pela decisão de construir o Hospital Regional do Vale Histórico, o quarto da RMVale. “Mostrou sensibilidade e capacidade de tomar uma decisão técnica”, afirmou.

Ganhou o troco minutos depois quando Doria disse que ele e o deputado federal Marco Bertaiolli (PSD) eram “orgulhos para São Paulo e exemplos de parlamentares corretos e competentes”.

ENCONTRO

Em São José, Cury deve comandar uma reunião do chamado diretório ampliado do PSDB, composto por 120 filiados. A reunião em que Felicio anunciou que deixaria o partido foi com o diretório restrito, que tem 45 integrantes.

Após a saída de Felicio, o diretório estadual do PSDB agiu rapidamente para segurar Cury no partido. O ex-prefeito, que desde 2015 é deputado federal, é considerado o nome ideal para reconstruir a legenda na cidade.

Cury recebeu ligações e teve encontros com Marco Vinholi, presidente do PSDB de São Paulo e secretário do governo Doria, e de Rodrigo Garcia, vice-governador e candidato da legenda ao Palácio dos Bandeirantes.

Ouviu de ambos que terá todo o apoio, e recursos, para buscar a reeleição pelo PSDB.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por