Segurança no campo

Polícia Rodoviária Federal lança Sinal Agro para registro de roubo e furto de animais

Novo mecanismo deve auxiliar na localização de ladrões que agem nas propriedades, inclusive, do Vale do Paraíba

Maura Lídia do Vale, João Carlos de Faria
29/11/2021 às 10:00.
Atualizado em 29/11/2021 às 10:01
Operação é realizada pela PM e PRF (Divulgação/Polícia Militar)

Operação é realizada pela PM e PRF (Divulgação/Polícia Militar)

Um sistema novo para garantir a segurança no campo e manter o patrimônio dos agricultores brasileiros. Assim é definido o Sinal Agro, sistema de registro de furtos e roubos de animais e maquinário agrícola lançado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

“O objetivo é agilizar a comunicação dos furtos de animais do campo como bovinos e equinos, e também o roubo e furto de maquinários e defensivos agrícolas, que têm alto valor agregado”, diz nota da PRF.

Como acessar Sinal Agro

Para fazer o registro, o usuário deve entrar na página da PRF na internet e clicar no ícone correspondente, seguindo o passo a passo determinado.

Após receber a comunicação, a PRF vai analisar e validar a ocorrência que será disparada para todos os policiais em um raio de 200 quilômetros (km) por meio de um alerta no smartphone funcional. O registro também poderá ser feito por telefone pelo número de emergência da PRF, o 191.

O serviço funcionará 24 horas por dia e no futuro será integrado a sistemas em funcionamento dos Estados para garantir o aumento da cobertura de atendimento. Segundo a PRF, o registro no sistema Sinal Agro não substitui o boletim de ocorrência que deverá ser emitido pela Polícia Civil.

A PRF alerta também que, em caso de falsa comunicação por meio do sistema, o cidadão poderá incorrer em crime previsto no Artigo 340 do Código Penal, e está sujeito a pena de detenção, de um a seis meses, ou multa.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por