Tubarão

Tubarão em Ubatuba: especialistas afirmam que ataques são raros, e que animal deve ser respeitado

Após novas aparições e os recentes ataques do animal na costa da cidade, especialistas reforçam que casos são raros, mas ressaltam orientações a banhistas

Douglas Cruz
22/01/2022 às 19:17.
Atualizado em 23/01/2022 às 01:09
Tubarão Mangona presente no Aquário de Ubatuba (Foto: Divulgação/ Aquário de Ubatuba)

Tubarão Mangona presente no Aquário de Ubatuba (Foto: Divulgação/ Aquário de Ubatuba)

Após novas aparições de tubarões, em janeiro, nas praias de Ubatuba e os recentes ataques a banhistas, ocorridos no último mês de novembro, especialistas ressaltam que as ocorrências são raras, mas que os animais devem ser ‘respeitados’.

Os registros mais recentes ocorreram nos dias 17 de janeiro, quando pescadores flagraram o animal na Praia Vermelha do Sul, e dia 19, quando banhistas filmaram um tubarão na Praia Ubatumirim. Em ambos os casos não houve ataque a humanos.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-26

Na última sexta-feira (21) um tubarão-golfinho foi encontrado morto na Praia Ubatumirim. O Instituto Argonauta acredita que o animal é o mesmo flagrado no dia 17 de janeiro.

Segundo o registro internacional de ataques de tubarões, mantido pelo Departamento de História Natural do Museu da Flórida, em 90 anos, somente 15 ataques foram registrados em São Paulo, incluindo os dois casos recentes em Ubatuba.

Mesmo assim, de acordo com o oceanógrafo Hugo Gallo, presidente do Instituto Argonauta, é necessário que os banhistas saiam da água ao ver a presença do animal e que não tentem se aproximar ou tentar capturar o animal.

Após as duas novas aparições, o Instituto Oceanográfico da USP (Universidade de São Paulo) divulgou uma cartilha de orientações a banhistas, sobre como proceder no caso de ocorrências com o animal.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por