Investigação

Mistério: remédio de R$ 160 mil desaparece de hospital em Lorena

Medicamento importado é utilizado por uma criança com doença rara

Da redação
22/05/2022 às 11:42.
Atualizado em 22/05/2022 às 11:51
Luta. Thallysson foi diagnosticado com AME (Atrofia Muscular Espinhal) ainda bebê (Reprodução / Arquivo pessoal)

Luta. Thallysson foi diagnosticado com AME (Atrofia Muscular Espinhal) ainda bebê (Reprodução / Arquivo pessoal)

Remédio importado de alto custo usado no tratamento de uma criança de três anos desapareceu da Santa Casa de Lorena.

O garoto Thallysson Alves tem uma doença rara e precisava de cinco doses da medicação que custa R$ 160 mil.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-34

A família superou dois anos de disputa judicial até conseguir o medicamento, mas na última aplicação a mãe do garoto descobriu que o remédio havia sumido do hospital.

A criança tem agora 12 dias para receber uma nova aplicação, caso contrário perde o tratamento que custou R$ 800 mil. O caso é investigado pela polícia.

Thallysson foi diagnosticado com AME (Atrofia Muscular Espinhal) ainda bebê e vem sendo submetido a uma série de tratamentos.

A Santa Casa informou que rastreia todos os pacientes que necessitam da medicação para a AME para investigar o caso.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por