Saúde

Guaratinguetá quer gratuidade no estacionamento rotativo para pacientes em tratamento

Atualmente, todos os motoristas, independentemente da situação, precisam pagar a taxa nas ruas centrais

Marcos Eduardo Carvalho
01/12/2021 às 15:19.
Atualizado em 01/12/2021 às 15:20
Estacionamento rotativo (Câmara de Guaratinguetá)

Estacionamento rotativo (Câmara de Guaratinguetá)

Guaratinguetá poderá, futuramente, isentar os pacientes em tratamento contínuo de saúde da taxa de estacionamento rotativo no centro da cidade. Isso porque um requerimento da Câmara Municipal, enviado à prefeitura, pede essa isenção.

Atualmente, todos os motoristas, independentemente da situação, precisam pagar a taxa à empresa que explora o estacionamento rotativo pelas ruas centrais da cidade.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp: https://bit.ly/ovale-agora-20 & receba matérias exclusivas. Fique bem informado!

O requerimento, de autoria do vereador Marcelo da Santa Casa (PSD) pede que a prefeitura crie e envie um Projeto de Lei à Câmara prevendo a gratuidade.

Segundo o pedido no requerimento, há pacientes que fazem tratamento contra o câncer ou hemodiálise, duas ou três vezes por semana, permanecendo por bastante tempo nos hospitais.

“Não faz sentido cobrar taxa de estacionamento regulamentado de pacientes que fazem tratamento contínuo nos hospitais do município, como a Santa Casa de Misericórdia e o Frei Galvão”, diz trecho do documento.

A OVALE, a prefeitura de Guaratinguetá informou que vai analisar essa colocação do vereador.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por