Polícia

Execução de jovem em ação da PM gerou protestos violentos em São José

Moradores da comunidade Santa Cruz protestaram no centro da cidade contra a execução de jovem em ação da polícia

29/11/2021 às 13:27.
Atualizado em 29/11/2021 às 13:36
Carros que foram incendiados no dia do protesto (Foto: Divulgação)

Carros que foram incendiados no dia do protesto (Foto: Divulgação)

A morte do jovem de 20 anos, Vinicius David de Souza Castro Gomes – executado por policiais militares no dia 9 de setembro, após um assalto na região sudeste da cidade – gerou protestos de moradores da Comunidade Santa Cruz, em São José dos Campos.

Dois protestos foram registrados na região central da cidade, local onde o jovem morava. O primeiro, realizado no dia 13 de setembro, foi marcado por atos de vandalismo, com carros incendiados e avenidas interditadas.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp ➤ https://bit.ly/ovale-agora-19 receba matérias exclusivas. Fique bem informado! 📲

O protesto teria sido uma “retaliação” pela morte do jovem em confronto com a PM. Ao menos, dois carros e um caminhão foram incendiados na Avenida Fundo do Vale. Os vídeos dos atos causaram comoção na cidade, pela “cena de guerra urbana”.

Após os atos, a Polícia Civil realizou duas operações na comunidade e prendeu mais de 10 pessoas identificadas como responsáveis pelos atos de vandalismo.

Já o segundo protesto, realizado no dia 1º de outubro, foi pacífico com os moradores da Comunidade Santa Cruz. No local eles afirmaram que não foram os responsáveis pelo vandalismo e pediram paz e o fim da truculência policial.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por