Buscas

Cinco dias após acidente de avião em Ubatuba, copiloto e passageiro seguem desaparecidos

Equipes de resgate utilizam helicópteros, barcos e mergulhadores para identificar tripulantes do avião bimotor; famílias pedem que autoridades se mantenham empenhadas nas buscas

Douglas Cruz
29/11/2021 às 16:25.
Atualizado em 29/11/2021 às 16:25
Bombeiros continuam nas buscas pelos tripulantes do voo (Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros -RJ)

Bombeiros continuam nas buscas pelos tripulantes do voo (Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros -RJ)

As equipes de resgate seguem nas buscas pelo copiloto José Porfírio de Brito Júnior e pelo passageiro Sérgio Alves Dias Filho que estavam em um avião que caiu no mar próximo a Ubatuba, na noite da última quarta-feira (24). O piloto da aeronave, Gustavo Calçado Carneiro, teve o corpo encontrado na tarde de quinta-feira (27), próximo a destroços do avião.

A operação de busca aos desaparecidos do acidente está quinto dia e conta com equipes da FAB (Força Aérea Brasileira), da Marinha e do Corpo de Bombeiros de São Paulo e Rio de Janeiro. Até o momento, uma área de 2500 km² do litoral foi coberta pela busca aérea.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-20

O avião bimotor, modelo PA-34-220T, saiu de Campinas com destino ao Rio de Janeiro, porém por volta das 21h30 de quarta-feira desapareceu no mar, na altura de Ubatuba e Paraty. Destroços do avião foram localizados próximos a Ilha das Couves.

O piloto, Gustavo Calçado Carneiro, de 27 anos, teve o corpo encontrado na tarde de quinta-feira e foi reconhecido pela família na manhã de sexta-feira (26). O corpo de Gustavo foi cremado na tarde deste sábado (27), no Cemitério da Penitência, no Rio de Janeiro.

Outras duas pessoas estavam na aeronave no momento do acidente, o copiloto, José Porfírio de Brito Júnior, de 20 anos, proprietário da aeronave, e um passageiro identificado como Sérgio Alves Dias Filho, empresário e campeão Brasileiro de Jiu-Jitsu. Ambos seguem desaparecidos.

A família do copiloto alugou embarcações e percorre, por conta própria, a região do acidente. A família ainda pede que as autoridades competentes continuem empenhadas no resgate.  

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por