Mistério

Caso Marco Aurélio: morto, desaparecido ou abduzido por ETs? Conheça os 10 mistérios

Escoteiro sumiu durante expedição ao Pico dos Marins, em Piquete, e nunca mais foi encontrado

Xandu AlvesPublicado em 13/09/2021 às 18:38Atualizado há 14/09/2021 às 10:20
Escoteiro. Marco Aurélio (centro) recebendo bandeira em grupo de escoteiros (Divulgação)

Escoteiro. Marco Aurélio (centro) recebendo bandeira em grupo de escoteiros (Divulgação)

O desaparecimento do jovem escoteiro Marco Aurélio Simon, que desapareceu no Pico dos Marins em Piquete, em 8 de junho de 1985, aos 15 anos de idade, durante uma expedição, é considerado um dos maiores mistérios do mundo.

 Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-1

 Marco Aurélio sumiu sem deixar nenhum vestígio durante a expedição e não há pistas sobre o paradeiro dele 36 anos após o desaparecimento, que intriga familiares, a polícia, investigadores e até ufólogos.

O jovem saiu de São Paulo para a expedição nos Marins com outros três escoteiros, todos de 15 anos, e mais o líder do grupo, Juan Bernabeu.

Na subida da serra, um dos adolescentes machucou a perna e Marco Aurélio foi escolhido para voltar na frente do grupo e pedir ajuda, sinalizando com giz ao longo do caminho. Foi a última vez que o escoteiro foi visto.

Após intensas buscas com mais de 300 pessoas e cinco anos de investigação, o caso foi encerrado sem conclusão em 1990. Novas informações, contudo, provocaram a reabertura do inquérito policial em junho deste ano, quando o desaparecimento de Marco Aurélio completou 36 anos.

 Conheça os 10 maiores mistérios do caso Marco Aurélio:

 1) Marco Aurélio está vivo ou morto?

Esse é a principal dúvida do pai do garoto, o jornalista e advogado Ivo Simon. Ele luta há 36 anos por encontrar essa resposta: “Ainda tenho esperança de encontrá-lo vivo”.

Após mais de um mês de buscas no Marins, não foi encontrada nenhuma evidência de que Marco Aurélio estivesse na serra.

O corpo dele nunca foi encontrado assim como pedaços da sua roupa ou mechas de cabelo, que poderiam indicar um acidente ou coisa parecida.

 2) Por que o líder dos escoteiros dispensou o guia na subida dos Marins?

A diretoria do grupo escoteiro de Marco Aurélio decidiu que a subida ao Pico dos Marins somente seria feita com a ajuda de um guia especializado. Foi indicado para a função Afonso Xavier, morador da região e com mais de 30 anos de experiência na montanha.

Contudo, o líder Juan Bernabeu dispensou o guia, alegando ter ouvido que ele não teria tempo. A alegação foi desmentida por Xavier em depoimento à polícia. Bernabeu nega que Xavier tenha se disponibilizado para subir a serra com os escoteiros. “Se tivesse dito, eu teria aceitado, com maior prazer”, disse ele em uma live sobre o caso.

 3) Por que o líder não aceitou a participação de outro grupo de escoteiros na expedição?

De acordo com a polícia, outro grupo escoteiro que escalaria o Pico dos Marins passou pelo acampamento e convidou o grupo de Marco Aurélio para subir junto. O líder não aceitou.

 4) Permitir que Marco Aurélio descesse a serra sozinho, depois do acidente, foi a atitude correta?

Essa questão intriga pessoas experientes em acampamentos e expedições em montanhas. Segundo especialistas, nunca se deve dividir um grupo e muito menos permitir que uma pessoa faça uma trilha sozinha.

Juan Bernabeu explicou que Marco Aurélio não foi o primeiro a se oferecer para descer a montanha na frente dos demais, mas era o mais experiente entre os jovens e foi escolhido. “Era o que tinha mais prática, vivência. Tinha passado todas as provas”, disse o líder.

 5) O que seriam as luzes e o apito que os escolteiros dizem ter visto e ouvido na montanha?

O grupo que descia a serra levando o amigo machucado chegou ao acampamento muitas horas depois do acidente. Ali, eles encontraram a mochila de Marco Aurélio fora das barracas, mas o garoto não estava lá. Chovia muito no momento.

Quando procuravam pelo escoteiro, um dos jovens ouviu apitos e gritos que vinham do mato e foram atribuídos a Marco Aurélio. Também foram vistas luzes. Os escoteiros tentaram localizar o colega, mas nada encontraram.

 6) Ao regressar à base, porque o líder voltou sozinho à montanha para procurar Marco Aurélio?

Quando o grupo chegou à base do acampamento, por volta de 5h da manhã seguinte, o líder deixou os escoteiros e regressou sozinho à montanha para tentar reencontrar Marco Aurélio. Regressou cinco horas depois, sem sucesso. “Eu fui muito mais rápido. Eles tinham dificuldade na subida, que era pesada”, justificou Juan Bernabeu.

 7) Marco Aurélio foi atacado por um animal?

Essa foi uma das hipóteses investigadas na época, mas nenhum vestígio do corpo do escoteiro foi encontrado. Especialistas explicaram que predadores não costumam comer todo o corpo de uma vítima. No Marins também não havia animais grandes o suficientes para atacar o escoteiro e sumir com o corpo dele.

 8) O escoteiro foi levado por extraterrestres?

A hipótese de que Marco Aurélio teria sido levado por extraterrestres é comum até hoje em fóruns ufológicos, em razão da completa falta de vestígios do escoteiro.

Especialista no assunto e profundo conhecedor do caso, Claudio Iatauro disse que há relatos de abduções e que, na maior parte dos episódios, os abduzidos são devolvidos em pouco tempo, o que não aconteceu com Marco Aurélio.

Portanto, essa hipótese ainda suscita debates entre ufólogos.

Caso Marco Aurélio. Peritos vistoriam casa na base do Pico dos Marins, em Piquete, na propriedade onde escoteiros acamparam (Jonas Caetano/Arquivo Pessoal)

9) Marco Aurélio foi assassinado e enterrado no Marins?

Essa é a hipótese que provocou a reabertura do caso 36 anos depois do sumiço do escoteiro. O pedido para a retomada das investigações teve com base relatos de uma filha de Afonso Xavier. Ela levantou a hipótese de que Marco Aurélio poderia ter sido morto e enterrado na área que serviu de acampamento aos escoteiros.

Escavações já foram feitas na área e nada ainda foi localizado. Um osso encontrado foi descartado por pertencer a um animal. Outras escavações serão feitas. O delegado do caso, Fábio Cabett, considera essa a principal linha de investigação.

“As investigações continuam, ouvida de pessoas, expedição de correspondência, etc. Ainda não foi marcado o dia da outra escavação”, disse ele a OVALE.

 10) Marco Aurélio perdeu a memória e está desaparecido?

Essa é outra hipótese também investigada pela polícia e que ganhou força depois que o pai do escoteiro recebeu uma foto de um andarilho em Taubaté que seria parecido com Marco Aurélio.

Ivo Simon disse a OVALE que pediu à Policia Civil para localizar esse morador de rua e averiguar se ele tem uma cicatriz abaixo do umbigo, marca que Marco Aurélio tinha por ter passado por uma cirurgia na infância.

“É preciso fazer essa análise para descartar ou não se esse andarilho possa ser Marco Aurélio. Sei que é bem difícil, mas continuamos com a esperança de encontrá-lo com vida”, afirmou Simon.

 VEJA MAIS

OVALE lança ‘Criminal Cast’ com o caso Marco Aurélio

Assista os episódios nesse link.

 LEIA MAIS sobre o caso Marco Aurélio

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: