notícias

De São José dos Campos, Carol Campbel vive na pequena cidade litorânea em East Sussex, na costa sul da Inglaterra. Aliás, não apenas vive: participa ativamente inclusive na vida pública da cidade - ocupou o cago de vereadora no chamado "council" e depois foi indicada à vice-prefeita de Seaford, E comenta - "embora hoje não esteja mais na vida política, ainda faço trabalhos sociais e, no momento, estou envolvida com o grupo emergencial de apoio às pessoas vulneráveis devido à pandemia Covid-19 criado no início de março e onde voluntários atendem a telefonemas de pessoas em isolamento social à beira da depressão". Em isolamento, há duas semanas, Carol está com o filho Ben (completa 16 anos nesse domingo) e seus dois cachorros. Trabalha home office com marketing em relações públicas - mas tem dúvidas até quando os seus clientes resistirão à crise "muita gente vai quebrar, mas creio que novas oportunidades surgirão e a resiliência humana vai demonstrar que temos um grande poder de superação", comenta. Em casa, acompanha as aulas online do filho, em final de curso, mas que teve o vestibular cancelado. E curte momentos preciosos em família além de "muito FaceTime com os amigos, contato via WhatsApp, e colocando a leitura e as séries em dia". Fora de casa, apreensão pois a população de East Sussex é predominantemente acima de 65 anos. E por isso mesmo, isolamento obrigatório e uma polícia com carta branca para deter quem não respeita o lockdown. Renato Teixeira Previsto para acontecer no mês de março, o show “A emoção de um encontro” que junta o cantor e compositor Renato Teixeira, de Taubaté ao talento de Osvaldo Montenegro no Teatro Guararapes em Olinda, Pernambuco, acaba de anunciar nova data: 15 de agosto e os ingressos adquiridos continuam valendo.   Egon Allcaza O cantor Egon Allcaza prepara o lançamento de seu segundo álbum, intitulado SIMtonia 2. A produção foi gravada ao vivo em setembro de 2019. O álbum conta com 11 músicas escolhidas pelo público e vão de clássicos como “Stand by me” à “Here comes the sun” dos Beatles.   Com o adiamento da turnê de apresentação do novo trabalho em eventos presenciais em São José, Campos do Jordão ou Litoral Norte, o lançamento digital do álbum se dará pelas plataformas de Streaming de músicas (Spotify, iTunes, Deezer, etc), além do YouTube. Adriano Grillo E olha só que ideia bacana! Adriano Grillo, da empresa de chocolates puros, a Cacauholic, em São José - assim como todo mundo da área de alimentação também está trabalhando delivery e lançou boa opção de páscoa - os ovos “nós começamos você termina”. Trata-se de uma embalagem com as “cascas” do ovo, para as pessoas finalizarem em casa nesse período de confinamento, decorando com as crianças.   Régis Machado Com as atividades suspensas temporariamente por conta do novo coronavírus, a Galeria de Arte Poente, de São José dos Campos está disponibilizando no formato e-book, a exposição “O Tempo que Esvai”, do artista Régis Machado, num total de 15 obras em médio e grande formatos.   Nascido em Paraibuna, mas com atelier em São José dos Campos, Régis Machado tem sua carreira dedicada a arte concreta, num estilo que utiliza a união entre forma e conteúdo, elementos como planos e cores e o uso de figuras abstratas e geométricas.
Capaz de expressar as mais profundas emoções humanas em acordes, versos e cores, a arte nunca foi tão imprescindível. Em meio ao isolamento social, recomendado para o combate à pandemia do novo coronavírus, a arte é capaz também de aproximar. Fazer o papel de um abraço, um beijo ou aperto de mãos em tempos tão complicados para todos. Líder de alcance e engajamento na RMVale, com mais de 12 milhões de visualizações mensais, OVALE convida artistas da região a compartilharem seu talento e transformarem a timeline do jornal em palco, tela ou sarau. O jornal criou o #arteemcasa, que vai reunir, em vídeo, alguns dos principais artistas da região, em um série publicada nas redes sociais do jornal. Além de incentivar a arte regional, uma das bandeiras do jornal, trata-se também de uma ação conjunta de responsabilidade social. "O #arteemcasa é uma forma de conscientizar os leitores sobre a importância do isolamento social, única 'vacina' conhecida contra o coronavírus, além de valorizar as expressões artísticas, tão atacadas ao longo dos últimos anos", afirmou a editora de Redes Sociais de OVALE, Julia Carvalho. Os principais nomes de artistas regionais, e também os nacionais, vão produzir seu talento dentro de casa. Serão diversas obras entre poemas, músicas, pinturas e muito mais, expostas em vídeos exclusivos na página do Instagram do jornal. Os artistas Dani Montuori (ex-participante do The Voice), Banda Zamba, de São José, cantora Leilah Moreno, banda joseense Filhos do Mundo e outras surpresas com grandes nomes da arte regional. Os leitores de OVALE podem participar indicando artistas para fazer parte do festival: basta seguir o jornal nas redes e enviar uma mensagem com dados do artista. Com a população vivendo em isolamento social, o modelo de festival online possibilita que os seguidores tenham a experiência de acompanhar a arte pela tela do celular ou computador, evitando aglomerações ou exposição, formando, assim, uma corrente, na qual somos um por todos. Fique em casa, vai ter arte!.  
"Ficar em casa é mais barato", é uma frase que geralmente ouvimos daqueles que são mais pão duros, ou melhor, econômicos. Talvez ele seja um pouquinho de exagero em algumas situações, mas é verdade. Ingresso de cinema, entrada para shows e uma simples ida a um restaurante custam caro. Para aproveitar a fase de isolamento social que o país passa depois da pandemia do Codvid-19 com ainda mais economia, algumas empresas disponibilizaram seu catálogo gratuitamente para o público em geral. A Globoplay, serviço de streaming da Rede Globo, disponibilizou temporadas da novela "Malhação" gratuitamente em seu catálogo. De acordo com a empresa, o foco é principalmente o público infantil, que em várias partes do mundo foi dispensado das escolas. A Spcine também disponibilizou parte de seu catálogo para o público. Entre as obras, estão filmes de diretores brasileiros e até um especial de Zé do Caixão, que faleceu recentemente -- boa hora para conhecer seu trabalho mais a fundo e gratuitamente. Também está disponível o filme "Maré, Nossa História de Amor", uma adaptação livre de Romeu e Julieta num musical passado numa favela do Rio de Janeiro. Participante do BBB 20, o ator Babu Santana, está no elenco junto com Marisa Orth. Outro filme que pode ser visto gratuitamente é o "Quase Dois Irmãos", que mostra o nascimento do Comando Vermelho no Rio de Janeiro. O documentário "O Caso do Homem Errado" também está disponível. Ele conta a história do jovem operário negro Júlio César de Melo Pinto, que foi executado pela Brigada Militar, nos anos 1980, em Porto Alegre. O crime ganhou notoriedade após a imprensa divulgar fotos de Júlio sendo colocado com vida na viatura e chegar, 37 minutos depois, morto a tiros no hospital. Diversas operadoras de TV à cabo disponibilizaram todos os canais para seus clientes, incluindo canais de filmes como o HBO e o Telecine. A loja da Amazon disponibiliza uma lista de obras que podem ser baixadas gratuitamente, como clássicos da literatura brasileira até livros de romance, além de conteúdo acadêmico. Eles podem ser baixados para serem lidos no Kindle ou no celular. Outra opção de entretenimento são as visitas virtuais por museus do mundo. O site Arts and Culture do Google disponibiliza os catálogos de mais de 500 museus pelo mundo inteiro. Um deles é o MoMa (Museu da Arte Moderna) de Nova Iorque, além do famoso Louvre, em Paris. Aqui na região, os visitantes virtuais podem fazer um tour de 360 graus pelo Museu Felicia Leirner, que fica em Campos do Jordão e é especializado em esculturas..  
Os cancelamentos e adiamentos de eventos culturais por conta do surto de Coronavírus causaram prejuízo à músicos e produtores culturais em toda a região. Depois de prefeituras terem cancelado oficialmente todo evento público que possa causar aglomerações, algumas casas de shows e bares privados também decidiram por restringir seus eventos. Gui Alves, produtor do Bangue Estúdio e organizador do Festival Geleia em Taubaté está seguindo todas as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde), cancelando todos os shows. "É muita incerteza e acho que estamos todos nos sentindo meio de mãos amarradas, esperando os próximos capítulos", disse ele. Dom de Oliveira, produtor cultural e vocalista da banda Dom Pescoço, relata uma total "confusão" no meio artístico e cultural. "Afetou toda a minha busca diária por shows e eventos futuros, pois já não encontro shows nem editais abertos próximos para me inscrever", conta o músico A falta de shows representa a perda do ganha pão para músicos, que no momento descrevem falta de perspectiva para a classe artística. "Os músicos estão se perguntando como vão sobreviver a essa situação, tem contas. Se não apresentam não ganham e infelizmente a gente não tem uma medida que saneie isso", comenta Bruno Mantovani, produtor cultural e vocalista do Saltines. AUXÍLIO. Na Alemanha, o país vai oferecer assistência financeira para músicos e artistas afetados pelos cancelamentos. "Essa seria uma solução interessante para nós, mas o Brasil está aquém disso neste momento", disse Mantovani. "Toda nossa perspectiva é abaixo do normal dentro de um mercado já extremamente debilitado", completa Dom. O vereador Wagner Balieiro (PT) protocolou nesta terça-feira um requerimento solicitando que para que o poder público garanta aos orientadores de oficinas culturais e aos artistas selecionados em editais com recursos da prefeitura sejam pagos durante os dias não trabalhados. Ainda não há resposta para o pedido..  
Ficar em casa em tempos de pandemia não é apenas opção, mas obrigação. Quando shows e eventos sociais estão cancelados, a melhor saída é se distrair com o que se tem em mãos. Siga essa dica dos introvertidos e gamers: os celulares não servem apenas para dar aquela olhada nas redes sociais e fazer ligações. Neles, há uma lista infinita de possibilidade e jogos que se encaixam em qualquer perfil, até mesmo para aqueles que só querem relaxar um pouco. Tentamos fugir dos jogos convencionais e escolher aqueles que ficam perdidos na lista de aplicativos mais baixados. Se você acredita que jogos levam muito tempo, ou são complicados demais, temos uma lista especial para jogadores casuais. Um dos jogos disponíveis na Play Store e na Apple Store com este perfil é o "Viridi", um jogo simples, com gráficos encantadores. Nele, seu papel é escolher quais espécies de plantas suculenta serão plantadas em um vaso. A partir daí, é só regá-las e acompanhar sua evolução, como com uma planta de verdade. Outro jogo casual é "Adorable Home", em que o jogador precisa mobiliar uma casa a seu gosto e cuidar de gatinhos fofos. Dar comida e fazer carinho neles é o foco principal do game, mas cuidado para não viciar e acabar criando uma ninhada deles. O jogo acabou virando febre nos últimos meses, principalmente por dar uma sensação de paz ao jogador que vê a si mesmo cumprindo tarefas relaxantes e simples. Para os corajosos, um jogo misterioso chamado "Sara Is Missing" é uma boa pedida. Ele simula um celular de verdade, que o jogador encontrou na rua e descobre que sua dona foi sequestrada. As situações sinistras e realistas simuladas no jogo são de arrepiar qualquer um. "Monument Valley" é para os jogadores que gostam de jogos de "puzzle", ou seja, de quebra cabeça e desafios. O jogador controla uma princesa através de labirintos de ilusões de ótica. Com cenários de tirar o fôlego e trilha sonora delicada, o jogo é um combo perfeito. Todos os aplicativos são grátis.