notícias

Victor Felix é um apaixonado pelo fogo e pela transformação dos alimentos na parrilla. Rafael Martins um sommelier entusiasta da enocultura e busca incansavelmente pelas melhores harmonizações entre o vinho e a comida. Agora, da união da dupla nasce o "Horta, Fogo e Vinho", bistrô de São José dos Campos, em fase experimental. Aos domingos, a dupla leva até a casa do cliente opções de proteínas animais com acompanhamentos preparados numa parrilla. E, claro, se o cliente quiser experiência completa, pode pedir o vinho. "A base do nosso empreendimento é o contato direto e a manipulação de uma horta totalmente orgânica. Tudo que serviremos virá do nosso plantio, com todo o cuidado, respeito e o compromisso de produzirmos o alimento mais saudável possível", conta. O sommelier explica que, para isso, conta com o apoio de um engenheiro ambiental que guia a dupla nas melhores práticas de cultivo. Em breve, a ideia é que o local onde a horta é implantada se torne o endereço fixo do "Horta, Fogo e Vinho" e que as portas do espaço sejam abertas ao público. MENU. Para ter ideia da proposta, o primeiro cardápio do projeto servido pelo sistema delivery trouxe entre as opções de proteínas bovinas o Ancho em filé de 300 gramas com molho chimichurri (R$ 34) e a Costela, assada durante 8h (R$ 30). Para quem aprecia cortes suínos, o Mignon preparado em fogo baixo, com longa cocção, e a Costelinha Suína, selada em panela de ferro, na brasa, e assada por 4h. Essa última desmancha na boca e ainda acompanha molho barbecue ou de mostarda picante. Os dois saem por R$ 29. Por fim, peito ou sobrecoxa de frango. Qualquer um dos cortes por R$ 26. O peito é marinado por 8 horas antes de ir para grelha. Já a sobrecoxa é temperada com lemon pepper. Para acompanhar, o cliente pode optar por dois acompanhamentos, dentre eles: Batatas assadas com lemon pepper, mix de legumes grelhados com ervas frescas, farofa da casa, salada de maionese, guacamole ou batata doce sauté. E uma experiência dessa só pode ficar ainda melhor com as seleções de vinho feitas por Rafael Martins. "O vinho faz a integração perfeita e dá liga ao nosso projeto gastronômico. A seleção tem total harmonia com o que sai da nossa horta e vai para as grelhas". Informações no Instagram @hortafogoevinho ou WhatsApp (12) 99604-3523. O número é canal para os pedidos..
Reunir os amigos, abrir uma garrafa de vinho e degustar a bebida enquanto petisca algumas comidinhas. Muita gente teve que abrir mão desse hobby para seguir a orientação do governo de estado que, desde março, iniciou a quarentena para prevenção ao coronavírus. Foi pensando em oferecer uma alternativa para esses apreciadores do vinho que o empresário Paolo Faroni, da enoteca Dencater, de São José dos Campos, está realizando as confrarias online, por meio de um aplicativo de reuniões em grupo. Se antes os clientes se encontravam presencialmente, às quintas-feiras, na enoteca, agora eles se unem por meio da tecnologia, mas continuam a participar das degustações que passaram por algumas adaptações. "As pessoas pagam o valor da degustação por meio de depósito bancário ou cartão de crédito e recebem em casa um rótulo, cada semana de uma região e vinícola diferente. Também é possível adquirir, à parte, petiscos para a harmonização. No horário e dia marcados, degustamos online e dividimos as sensações e experiência de cada um", conta Paolo. CURSO. Com mais tempo dentro de casa, muita gente também têm aproveitado para fazer cursos online e aprender sobre temas que gostam. Se você quiser aprender mais sobre a bebida, outra dica é o curso "Mundo do Vinho", ministrado por Paolo Faroni e que tem início no dia 5 de maio. O empresário conta que as aulas serão ao vivo, o que possibilita aos participantes interagirem e também tirarem dúvidas durante o curso. Serão oito encontros com duração de uma hora, todas as terças e quintas do mês de maio, até o dia 28. "O curso inclui apostila e certificado e tem na programação didática história e geografia do vinho, espumantes, vinhos brancos, roses e tintos. Mais do que um aprendizado, uma diversão para quem está em casa", diz o empresário. SERVIÇO. As confrarias online da Decanter São José dos Campos acontecem todas sextas e sábados, a partir das 20h e podem variar de R$70 a R$120. Os petiscos para harmonização são cobrados à parte. Já o curso "Mundo do Vinho" custa R$550. Compras pelo WhatsApp (12) 99654-2519..
Desde o início da quarentena, a rotina da chef Anouk Migotto, do Donna Pinha, em São Antônio do Pinhal, anda bem diferente. Longe da agitação da cozinha do restaurante, que está de portas fechadas, ela tem apostado na interação com os clientes por meio das redes sociais, onde tem compartilhado receitas. Apesar disso, a atenção da chef à saúde do negócio não foi deixada de lado, por isso ela é uma das primeiras a aderir à campanha #TodosPelaMantiqueira. A iniciativa do aplicativo "Passaporte Mantiqueira" tem como objetivo ajudar empresas da Serra a passarem pelo período de isolamento social. O gestor de turismo Fábio Santos, CEO do Passaporte Mantiqueira e idealizador da campanha, afirma que a ideia é reunir não só bares e restaurantes, mas também pousadas e lojas da região em uma ação coletiva. Basicamente, o cliente pode comprar um voucher solidário para usar quando o comércio voltar a funcionar e parte da arrecadação será revertida para projetos sociais. "Não adianta ficarmos parados apenas lamentando. É importante buscarmos alternativas para que todos, empreendedores, turistas e população, possam juntos atravessar esse período", afirma Fábio Santos. Para a chef Anouk, a força está em acreditar que todos podemos, juntos, criar soluções para o bem comum. Apesar ter seu negócio também afetado pela crise do coronavírus, ela lembra da importância de ajudar as pessoas assistidas por entidades sociais. "É importantíssimo, pois elas, sim, já estão fragilizadas no dia a dia. Agora imagine em uma situação dessas. Temos que olhar por todos, isso faz parte de ser cidadão", afirma a chef do Donna Pinha. Para comprar o voucher solidário é só acessar www.passaportemantiqueira.com.br. No sit e tem os estabelecimentos participantes e é possível conferir as promoções e formas de pagamento, além dos projetos e entidades sociais participantes. Para quem é empreendedor e deseja participar da campanha, é possível cadastrar a empresa no mesmo site gratuitamente. "A campanha #TodosPelaMantiqueira está aberta para todos os empreendimentos da Serra, dos pequenos aos grandes. A hora é de união", afirma Fábio Santos..
Empresários de São Francisco Xavier se uniram em uma ação para enfrentar a crise econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus. Eles criaram o "Voucher Socioeconômico" que pode dar um fôlego para a economia do distrito de São José dos Campos que é sustentado pelo turismo. Funciona assim: o voucher custa R$ 160, mas o cliente tem direito a consumir R$ 200 no estabelecimento escolhido. O bar ou o restaurante local recebe R$ 140 e os outros R$ 20 serão destinados a moradores do distrito que passam por necessidades assistenciais. De acordo com levantamento feito por assistentes sociais, são mais de 90 famílias. FECHADOS. Segundo Mauro Orlando, empresário que coordena a ação, desde o início da quarentena, a maior parte dos estabelecimentos está completamente fechada, e alguns funcionam parcialmente, por meio dos sistemas de delivery e/ou drive-thru (sem sair de dentro do carro). "Essa ação é essencial nesse momento, pois o faturamento caiu quase 90%. Os valores arrecadados com os vouchers serão utilizados para pagar as despesas, principalmente com os funcionários", afirma o empresário. O valor do voucher poderá ser usado sem nenhuma restrição, da forma que o cliente quiser, dois meses após a reabertura dos bares e restaurantes no local. Ao todo são quase 20 estabelecimentos, além de pousadas, hotéis e outros serviços participando da ação. Para comprar um voucher é só acessar através do site vouchersfx.wixsite.com/socioeconomico..
Muitas iniciativas têm surgido nas últimas semanas para ajudar pequenos empresários do ramo da gastronomia a minimizarem os efeitos da quarentena em prevenção ao coronavírus. Além de iniciativas que estimulam o consumo delivery, por exemplo, grupos estão se organizando para fortalecer a economia local. Em São José dos Campos, diante de uma queda de até 90% no faturamento, empresários decidiram criar um selo: "Consuma Local - Apoie o Pequeno Empreendedor". A proposta é validar e apoiar o comércio local, estimulando o consumo de produtos de empresas da cidade. Hoje, cerca de 30 negócios já aderiram à iniciativa. "A ideia é ampliar para toda a cidade com empresas de todos os ramos. É uma garantia de consumo para o cliente que nos apoiar. Para conquistar o selo é preciso somente que a empresa tenha sido criada e tenha CNPJ da cidade de São José dos Campos", conta o empresário Pedro Moura Junior, um dos responsáveis pela ideia. Pedro conta que chegou a se reunir com o prefeito Felício Ramuth para pedir apoio e aumentar a credibilidade do selo. Segundo o empresário, o grupo deve criar uma nova associação de comércio, com novos empreendedores. "A princípio, nesta crise, o cliente participa de um movimento em prol do desenvolvimento da cidade, ajudando as empresas para que em breve elas consigam propor diversas ações de descontos, novos produtos e outras possibilidades de mercado", explica. Diversos comerciantes da cidade já estão divulgando seus produtos com o selo. BRINDE DO BEM. Outra iniciativa que deve dar um fôlego para bares e restaurantes da região é o projeto "Brinde do Bem ", da Heineken. Por meio do site brindedobem.abacashi.com você pode doar uma quantia para o seu estabelecimento favorito e consumir o valor quanto as portas voltarem a abrir. O bacana dessa iniciativa é que a Heineken vai repassar o dobro do valor arrecadado por cada comerciante. Para contribuir, basta entrar na página do estabelecimento e seguir os passos. Confira a lista dos participantes e um brinde à solidariedade!.
Atentos a cada passo do pai, João Pedro e Felipe, aos poucos, tomam gosto pela arte de cozinhar. O publicitário e professor André Aquino, que transformou o hobby em uma nova profissão, dá o exemplo, dentro de casa, do quanto ter uma boa alimentação ajuda a manter a saúde em dia. Agora, André Aquino, que também é idealizador do blog Cozinha Pra Machos, se une à pediatra Paola Di Napoli para ajudar outros pais na educação alimentar dos pequenos. A dupla acaba de lançar um ebook "Construindo o futuro através da alimentação saudável", com receitas pensadas para agradar a criançada. "Uma das nossas preocupações era com a praticidade. Pensamos muito em receitas fáceis, justamente pra não atrapalhar o dia a dia dos pais, que já têm uma rotina muito corrida. Dentro disso, criamos receitas saudáveis, práticas e, mesmo que você não saiba preparar nada na cozinha, vai conseguir reproduzir essas receitas", afirma André Aquino. Ainda de acordo com chef, que já participou do reality Bake Off Brasil, no SBT, as receitas criadas para o ebook evitam o uso de açúcar e adoçantes. Em substituição, as frutas são alternativas para adoçar os pratos. E há opções de preparos tanto doces e quanto salgados. BOM EXEMPLO. A pediatra Paola Di Napoli reforça que dar o bom exemplo dentro de casa é a melhor forma de ensinar os filhos a terem uma alimentação saudável. Ela afirma que entre os principais erros dos pais está o consumo excessivo de industrializados. "Hoje, infelizmente, alguns pais consomem muitos industrializados, não colocam verduras e legumes na mesa. Ainda há aquele erro comum de oferecer recompensa: 'se comer tudo, ganha chocolate'. Você precisa dar para seu filho até o que você não gosta de comer e quando ele rejeita algo, precisa voltar a oferecer, criar o hábito", afirma Paola. Assim, a começar pelos adultos, o ideal é comer comida de verdade, frutas, legumes, verdura, tudo "in natura", e com muita variedade e, de preferência, orgânicos. Outra dica da pediatra é reduzir consumo de industrializados drasticamente, pois eles têm muitos aditivos que contribuem para a inflamação do intestino. "Consumam vitamina C , das frutas amarelas e laranja, folhas verde escuro e temperos naturais, como alho e coentro. No ebook a gente prioriza esses alimentos de verdade pra mostrar que é possível, sim, fazer receitas saudáveis e saborosas." Se você ficou curioso, pode fazer o download do ebook neste link (encurtador.com.br/cmAW1). E aguarde, pois a dupla deve lançar um novo material com dicas de receitas para lanches escolares nos próximos meses.
Uma boa alimentação ajuda a manter o sistema imunológico forte e pode te dar mais tranquilidade para passar pelo momento que vivemos, de pandemia do coronavírus. Para começar, a principal orientação do nutricionista Matheus Villela é que a base das suas refeições sejam os alimentos in natura (legumes, frutas e verduras), frescos, aqueles minimamente processados. Além disso, é importante evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e alimentos com adição de açúcar. Corte aqueles petiscos industrializados entre as refeições! "O álcool esteriliza a flora bacteriana boa, enquanto o açúcar favorece a proliferação de bactérias nocivas e aumenta a barreira intestinal, por onde entram coisas mal digeridas e maléficas ao organismo. Reduzir o açúcar e o álcool vai ajudar a diminuir o processo inflamatório do organismo", explica. Outra orientação é para quem faz dietas restritivas, especialmente sem acompanhamento profissional. Pare! O nutricionista explica que cortar o carboidrato, por exemplo, principalmente quem faz exercício físico, pode resultar a uma deficiência nutricional e derrubar o sistema imune, o que aumenta a chance de adoecer. Apesar de não combaterem os vírus e as bactérias, as bebidas quentes, como os chás, auxiliam na boa alimentação, pois o organismo consegue absorver mais fitoquímicos, que são as substancias presentes plantas e essenciais para uma boa saúde. Aposte também nelas! REFEIÇÕES. Na prática, comece seu dia comendo frutas associadas à aveia e outros tipos de farelos, ricos em fibras, que alimentam as bactérias boas e ajudam a manter integridade intestinal. Morango e kiwi são boas apostas. Ovos também! A gema tem vitaminas do complexo B, E e A e, principalmente os ovos caipiras, são ricos em betacaroteno (que garante aquela cor alaranjada à gema), que otimizam o sistema imunológico. No almoço, coma um prato de folhas para absorver fibras e micronutrientes. A dica do nutricionista Matheus Villela é fazer um mix de agrião, alface, espinafre e repolho crus. Na sequência, um prato de sobremesa de legumes cozidos, ao vapor. "É sempre bom fazer essa variação porque algumas substâncias só são absorvidas nos alimentos cozidos e outras só nos crus", explica Villela. Nos lanches intermediários, os iogurtes ajudam a aumentar a carga proteica, o que garante saciedade, além de a proteína ter papel fundamental no sistema. E nas refeições maiores, como almoço e jantar, acrescentar óleos e azeites, que são anti-inflamatórios. "Já a suplementação é bem-vinda e pode ajudar, mas o uso, assim como o de multivitamínicos, deve ser feito só com instrução. Há produtos importados com porcentagem de até 1000% a mais de substâncias recomendadas diariamente. Por isso é importante acompanhamento profissional, fazer exames que mostrem a quantidade exata que cada organismo precisa". Para complementar, o nutricionista recomenda a prática de atividade, evitando grupos, seguindo as recomendações. Também durma bem e evite o estresse que diminuem a capacidade do sistema agir. Chás de camomila, erva-doce, folha de maracujá etc, associadas ao própolis, que também é anti-inflamatória, são boas pedidas. Importante reforçar que o sistema imunológico forte não impede o contágio por qualquer tipo de vírus ou bactéria, por isso, seguir as recomendações de prevenção e higiene são tão essenciais quanto as dicas de alimentação..
Sabe aquela peça verde que está parada no seu guarda-roupas e você não usa há algum tempo? Chegou a hora de dar uma utilidade pra ela! Calma, você não está lendo uma coluna de moda. Este espaço continua reservado para a gastronomia e afins, mas a dica de hoje merece um figurino especial. É que Caçapava antecipou a celebração do Dia de São Patrício (17 de março), o padroeiro da Irlanda, e recebe neste fim de semana a primeira edição do St. Patrick´s Festival. Até domingo, a sede do Gamt (Grupo de Assessoria e Mobilização de Talentos) recebe três eventos gastronômicos simultaneamente: Festival de Cerveja Artesanal, Festival de Sorvete e Doces e Festival de Burger e Torresmo. Eu não disse que a dica valia uma produção especial? Na Irlanda, tradicionalmente, as pessoas celebram o St Praticks's Day vestidas de verde, daí a sugestão do figurino. Agora, voltando à Caçapava, vestido à caráter ou não, a visita ao evento é boa pedida. Fernando Augusto Pereta, idealizador do festival, conta que a proposta é oferecer uma variedade de opções gastronômicas e de lazer para toda a família, por isso a programação inclui também shows musicais e espaço kids. "Selecionamos algumas das melhores cervejarias artesanais, que trarão estilos de qualidade para todos os gostos. Além disso, teremos a Paella Caipira e o Prime Rib Suíno Crocante com Purê de Batata e Chips de Couve, que serão servidos no almoço de sábado e domingo", conta Pereta. O público também poderá degustar burguers, torresmo, sorvetes e doces como o Ice Churros, que tem recheios de brigadeiro gourmet, doce de leite e creme de avelã, com cobertura de sorvete italiano cremoso. Inspirado na tradicional festa do padroeiro da Irlanda, quem passar pelo St. Patrick´s Festival ainda poderá provar o famoso chope verde, além dos estilos Pilsen, Lager, Blonde, IPA, Weiss, Witbier, Red Ale, Stout e outros. Ao todo são mais de 10 cervejarias vindas da região, de outras partes do estado e até de Minas Gerais. No sábado, dia 7, a programação tem início às 12h e segue até 23h30; domingo, dia 8, das 12h às 22h. O GAMT fica na rua Nações Unidas, 259, Vila São João, em Caçapava. A entrada é gratuita..