Logo Jornal OVALE

notícias

O Taubaté perdeu para a Ferroviária por 2 a 1 neste sábado à tarde pela quarta rodada do grupo 1 da segunda fase da Copa Paulista. Com o resultado, se mantém em segundo lugar da chave, com 5 pontos, ao lado do próprio adversário, enquanto o São Bernardo lidera com 8. O Burro da Central, comandado pelo técnico Ivan Izzo, também perdeu uma invencibilidade de 11 partidas na competição. O time não perdia desde a segunda rodada do campeonato. Na rodada passada, em casa, havia vencido a Ferroviária por 3 a 2. Agora, o Burro da Central volta a jogar na quarta-feira, quando visita o Atibaia, a partir das 15h, no estádio Décio Vitta, em Americana. No quadrangular, ainda restam mais duas rodadas para o final da segunda fase, onde os dois melhores se classificam para a sequência do torneio. O JOGO. Precisando se recuperar da derrota na rodada passada, a Ferroviária começou o jogo em cima, pressionando e criando oportunidades nos primeiros minutos, dando trabalho para o goleiro Dida. Encurralado, o time da região tinha dificuldades para passar do meio de campo. A pressão se traduziu em gol aos 23min. Após cruzamento de Jorge Eduardo pela direita, o lateral taubateano Carlinhos desviou de cabeça ao próprio gol e marcou gol contra, devolvendo o presente da Ferroviária na rodada passada. Com o Taubaté sem espaço no setor ofensivo, o time da casa quase ampliou aos 36min. Em cobrança de falta de Fernando Jr., a bola desviou na barreira e acertou a trave do goleiro Rafael Dida. E a partida foi para o intervalo em desvantagem para o Burrão. No segundo tempo, precisando reagir, o Taubaté se abriu mais, em busca do empate. Porém, em cobrança de escanteio aos 12min, sofreu o segundo gol, na sobra de bola em que o estreante atacante Léo Jaime chutou forte, no ângulo, para marcar o segundo da Ferrinha: 2 a 0. Mas o Taubaté não se abateu. E aos 25min, ainda descolou um pênalti sofrido por Ynaiã. Na cobrança, Rodriguinho descontou e recolocou o time da região na briga da partida. Porém, até o final do jogo, não conseguiu criar mais grandes chances. E a Ferroviária ainda desperdiçou outras chances de ampliar. Nos acréscimos, o Burrão foi para o abafa, mas não conseguiu fazer o gol. E aos 51min, em contra-ataque, a Ferroviária ainda mandou bola na trave. Ficha técnica Ferroviária: Gabriel Leite; Marcos Ítalo, Raniele, Maurício e Fernando Jr. (Marquinhos); Caíque (William), Daniel e Cristian; Jorge Eduardo, Felype Hebert e Léo Jaime (Rafael). Técnico: Vinícius Munhoz Taubaté: Rafael Dida; Carlinhos (Elorhan), Rafael Castro, Dogão e Ynaiã; Anderson (Lucas Grossi), Velicka, Elivelton e Branquinho; Rodriguinho e Marcos Nunes (Diego). Técnico: Ivan Izzo Gols: Carlinhos (contra) aos 23' do 1º tempo; Léo Jaime aos 12' do 2º e Rodriguinho (pênalti) aos 25min da etapa final. Árbitro: João Vitor Gobbi. Cartões amarelos: Fernado Junior, Cristian e Felype Herbert(F); Dogão (T). Local: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara. Público: 584 pagantes. Renda: R$ 6.465
O São José está classificado para as quartas de final do Campeonato Paulista masculino de basquete. Neste sábado à tarde, no ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos, venceu o Osasco por 87 a 69, no segundo jogo da série melhor de três partidas das oitavas de final. Como já havia vencido quinta-feira fora de casa, abriu 2 a 0 e não haverá a necessidade do terceiro jogo. Agora, o time da região, comandado pelo técnico Paulo Cézar Jaú, vai encarar Franca, que já tinha vaga assegurada nas quartas de final por ficar com uma das duas primeiras vagas do grupo A na primeira fase. Neste sábado, o São José abriu 8 a 0 em  menos de dois minutos de jogo. O Osasco ainda tentou reagir, mas o time da região teve o domínio das ações durante todo o período, fechando em 20 a 14, seis pontos de vantagem. No segundo quarto, o Osasco reagiu. Os joseenses acharam que o jogo estava tranquilo, erraram bastante e viram os visitantes chegarem a diminuir para dois pontos em determinado momento. E, restando dois minutos para o intervalo, ainda chegaram ao empate. Depois, o São José ainda conseguiu reagir e foi para o intervalo em vantagem: 42 a 37. No segundo tempo, o Osasco começou apertando, diminuindo a vantagem joseense no inicio do terceiro quarto. Mas, nos minutos finais, o São José novamente tomou conta da partida e voltou a abrir vantagem, fechando o período com vantagem de nove pontos: 57 a 48. No último quarto, o fôlego do jovem time da Grande São Paulo acabou. E o São José foi ampliando a vantagem, deixando a vitória bem encaminhada. No final, foi só administrar o placar.
O Taubaté visita a Ferroviária neste sábado, a partir das 18h, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara, pela quarta rodada do grupo 1 na segunda fase da Copa Paulista. O Burro da Central, comandado pelo técnico Ivan Izzo, vem animado por uma vitória sobre o mesmo adversário no sábado passado, por 3 a 2, no estádio Joaquinzão. O resultado, além de ampliar para 11 jogos a invencibilidade da equipe da região, também quebrou longa invencibilidade de um dos favoritos ao título, que só tinha uma derrota até então no torneio. Os taubateanos viajaram nesta sexta-feira à tarde para Araraquara, onde já ficariam concentrados até a hora do jogo. Com 5 pontos ganhos, divide a liderança do quadrangular com o São Bernardo, mas leva vantagem no número de gols marcados. A Ferroviária, com 2 pontos, está em terceiro, ao lado do Atibaia. Os dois primeiros colocados se classificam para a sequência do torneio, após se enfrentarem em turno e returno. Assim, se o Taubaté conquistar mais uma vitória fora de casa, fica com a classificação bem encaminhada e ainda poderá dificultar a vida de um adversário que é uma das forças da competição. Ficha técnica Ferroviária: Gabriel Leite; Marcos Ytalo, Luiz Felipe, Raniele e Fernando Júnior; Caíque, Daniel e Cristian; Felype Hebert, Roberto Pitio e Jorge Eduardo. Técnico: Vinícius Munhoz Taubaté: Rafael Dida; Ynaiã, Dogão, Rafael Castro e Diego; Anderson, Elivelton e Velicka; Branquinho, Rodriguinho e Marcos Nunes. Técnico: Ivan Izzo Árbitro: João Vitor Gobi. Local: Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. Data: Sábado, 14 de setembro de 2019. Horário: 18h
O Vôlei Taubaté visita o Itapetininga nesta sábado, a partir das 18h, no ginásio Ayrton Senna, casa do adversário, pela quarta rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da modalidade. O atual pentacampeão estadual venceu as três primeiras partidas, 100% de aproveitamento, e já soma 9 pontos na classificação. Na rodada passada, venceu o clássico contra o São José por 3 a 1, de virada, em casa, na terça-feira. O adversário de logo mais tem uma vitória, duas derrotas e quatro pontos somados até agora na competição estadual. “Temos muitas dificuldades ainda, também por conta de não estarmos com o elenco completo. Os treinos acabam não sendo 100% dentro do que a gente gostaria, mas com o que temos em mãos, estamos trabalhando muito bem. Temos treinado alguns fundamentos com mais ênfase e o time tem respondido bem. Os atletas que estão jogando estão entrando no ritmo da competição e os resultados mostram isso. Este jogo contra o Itapetininga vai ser mais um desafio complicado, temos que entrar concentrados e buscar fazer o que temos feito nos treinos.”, disse o auxiliar técnico Maurício Thomas, que comanda o time no lugar de Renan, que está com a Seleção Brasileira. O time ainda não com os atletas Douglas Souza, Lucarelli, Maurício Souza, Lucão, Carísio e Thales, que também estão com a Seleção. A novidade no time será o oposto marroquino Mohamed Al Hachdadi, que teve sua documentação regularizada e estará à disposição . O atleta, que até a temporada 2018/2019 defendia o Tonno Calipo, da Itália, chega para sua primeira temporada atuando no voleibol brasileiro.
O São José está de folga neste domingo no grupo 14 do Campeonato Paulista da Quarta Divisão, por conta da exclusão do Catanduvense e a consequente vitória joseense por W.O. Porém, antes da última rodada, no dia 22, a Águia do Vale fica de olho no confronto entre Guarulhos e Fernandópolis, neste domingo, a partir da 10h, na cidade da Grande São Paulo. Isso porque o resultado pode facilitar a vida do São José no confronto final em casa contra o Guarulhos. De qualquer maneira, os joseenses dependem das próprias forças para ficarem com uma das duas vagas na chave que agora virou um triangular. Porém, se o Guarulhos vencer ou empatar logo mais, os comandados do técnico Francisco Oliveira vão precisar de uma vitória simples em casa contra este adversário em seguida. Mas, se os visitantes conquistarem a vitória e, consequentemente a classificação, o São José poderá jogar em casa por um empate na rodada final diante da torcida. No domingo passado, a Águia perdeu por 3 a 2 para o Fernandópolis de virada, fora de casa. Porém, para o treinador joseense, não é hora de se abalar com isso. "A equipe que quer conquistar o acesso não pode se abalar, até porque, se você for analisar, uma derrota para o Fernandópolis fora de casa é perfeitamente normal", afirmou ao OVALE. O que fugiu um pouco foi o empate nosso em casa com o Catanduvense. Mas, bola para frente, pois dependemos só de nós. Temos que trabalhar focados, pois nós estamos fazendo bons jogos dentro de casa", disse Oliveira..  
Em uma partida definida apenas no tie break, o São José Vôlei deixou escapar a primeira vitoria no Campeonato Paulista, ao levar 3 a 2 do Atibaia (parciais de 25/21, 22/25, 21/25, 25/23 e 13/15), nesta sexta-feira à noite, no ginásio do Sesi, no Bosque dos Eucaliptos, em São José dos Campos, pela quarta rodada da primeira fase, quando tinha o jogo nas mãos. Até então, o time comandado pelo técnico William Santa Maria havia perdido as três partidas anteriores, mas somado um ponto ao perder no tie break para o Sesi. Agora, soma mais um ponto, mas segue sem vitórias no torneio estadual. O time da região volta a jogar na próxima sexta-feira, fora de casa, quando visita o São Judas/São Bernardo, a partir das 19h, no Grande ABC. Nesta sexta-feira, animou a torcida com um bom primeiro set, quando conseguiu se impor e venceu por 25 a 21. Porém, a boa movimentação inicial não se repetiu no segundo set, quando o time visitante conseguiu empatar em 1 a 1 ao fechar o período em 25 a 22. No terceiro set, o São José novamente cometeu muitos erros e viu os visitantes venceram por quatro pontos de diferença, 25 a 21, virando o placar em 2 a 1 e deixando o quarto set sendo de vida ou morte para o time da casa. E, no quarto set, o equilíbrio foi marcante durante o confronto. Mas, no final, o São José fechou em 25 a 23 e levou a partida para o quinto e decisivo set. No último set, veio a grande decepção. Os joseenses chegaram a abrir 10 a 6, mas tomaram a virada em 15 a 13 no final..  
Em uma partida definida apenas no tie break, o São José Vôlei deixou escapar a primeira vitoria no Campeonato Paulista, ao levar 3 a 2 do Atibaia (parciais de 25/21, 22/25, 21/25, 25/23 e 13/15 ), nesta sexta-feira à noite, no ginásio do Sesi, no Bosque dos Eucaliptos, em São José dos Campos, pela quarta rodada da primeira fase, quando tinha o jogo nas mãos. Até então, o time comandado pelo técnico William Santa Maria havia perdido as três partidas anteriores, mas somado um ponto ao perder no tie break para o Sesi. Agora, soma mais um ponto, mas segue sem vitórias no torneio estadual. O time da região volta a jogar na próxima sexta-feira, fora de casa, quando visita o São Judas/São Bernardo, a partir das 19h, no Grande ABC. Nesta sexta-feira, animou a torcida com um bom primeiro set, quando conseguiu se impor e venceu por 25 a 21. Porém, a boa movimentação inicial não se repetiu no segundo set, quando o time visitante conseguiu empatar em  1 a 1 ao fechar o período em 25 a 22. No terceiro set, o São José novamente cometeu muitos erros e viu os visitantes venceram por quatro pontos de diferença, 25 a 21, virando o placar em 2 a 1 e deixando o quarto set sendo de vida ou morte para o time da casa. E, no quarto set, o equilíbrio foi marcante durante o confronto. Mas, no final, o São José fechou em 25 a 23 e levou a partida para o quinto e decisivo set. No último set, veio a grande decepção. Os joseenses chegaram a abrir 10 a 6, mas tomaram a virada em 15 a 13 no final.