ARTIGO

João Julio da Silva - Negacionismo do Monstro da Casa de Vidro

João Júlio da Silva
29/05/2021 às 02:00.
Atualizado em 01/07/2021 às 00:28

Encarna o mal, babando ódio, cuspindo monstruosidades, semeando desavenças e mentiras, incitando violência, articulando com a bandidagem, rasgando leis, golpeando a democracia, enaltecendo tortura, empunhando a bandeira do negacionismo, distribuindo fome e miséria, atacando a ciência e o conhecimento, arruinando a educação e a cultura; enfim, promovendo a discórdia, destruindo o país e, intencionalmente, espalhando o caos e a peste. Tão perversa criatura é o "cara da casa de vidro", monstro cruel, que, através das vidraças palacianas de tenebrosa alvorada, do gabinete do ódio, com seu delinquente clã, projeta as trevas do obscurantismo. O monstro da casa de vidro, de planaltina incompetência, imbecilidade e com um arsenal de maldades, é um ser medíocre, tosco, chulo, desqualificado e genocida; mas, blindado por sanguinária milícia, que opera, sem embaraço, o escritório do crime. O monstro imundo traz às costas a culpa de um genocídio que avança a meio milhão de mortes.

Como ele, seus comparsas são valentões, mas ante a luz da verdade, se acovardam e renegam suas bravatas. São agressivos nas redes sociais, verdadeiros tigres a vociferar impropérios, mas num interrogatório, gaguejam e transpiram inverdades, se transformam em dóceis felinos a ronronar doméstica piedade.

Por ora, o monstro continua, como motoqueiro da morte e cavaleiro do inferno, a rolar o país abismo abaixo, desdenhando da vida e debochando do povo. É preciso quebrar as vidraças da casa de vidro, onde habita tão repugnante e atrevida entidade do mal!.

LEIA MAIS

03/12/2021 - 09:57

02/12/2021 - 14:51

VER MAIS
Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por