Karla Clarinda

Em busca do currículo perfeito

Karla Clarinda, Empreendedora Social e estrategista em recolocação profissional
29/11/2021 às 10:37.
Atualizado em 29/11/2021 às 10:47
Currículo (Andrea Piacquadio/Pexels)

Currículo (Andrea Piacquadio/Pexels)

O fim de ano está chegando e é hora de nos prepararmos para as Festas, comprarmos presentes, pedimos presentes, realizarmos um balanço do ano corrente e fazermos a lista de resoluções para 2022.

E se você busca recolocação no mercado de trabalho ou pretende realizar a transição de carreira, o que certamente está em sua lista, e que será o seu melhor presente, é um novo emprego.

Para que isso aconteça, além do desejo, é necessário que você tenha um excelente currículo. Aliás, mais que excelente, nesses tempos em que a concorrência é cada vez mais acirrada e que todo detalhe faz a diferença, seu currículo deve ser perfeito. E como fazê-lo? A seguir, trago dicas valiosas:

A verdade vos libertará:

É fácil cair na tentação e querer fazer valer o bordão daquele famoso apresentador de TV, “eu aumento, mas não invento”. Mas esse expediente, que pode parecer inofensivo, pode lhe pregar uma peça desagradável. Se o seu inglês é intermediário, vendê-lo como avançado, além de se tratar de uma mentira, é pouco inteligente.

Vai aqui um exemplo: acompanhei uma entrevista em uma grande empresa em que a candidata havia informado no currículo que seu inglês era fluente. Pois bem, vendo este detalhe,o entrevistador cumprimentou-a e iniciou uma conversa no idioma universal. Quero dizer, não houve conversa e sim, um monumental constrangimento.

Valorizar-se é diferente de se vender:

Muitas vezes, quando falamos em vender o peixe e em vender-se para o recrutador, na verdade estamos dizendo: valorize-se e mostre suas qualidades. E como o currículo é o seu cartão de visitas, é de fundamental importância que ele reflita exatamente quem você é como profissional. Por isso, insira suas informações de contato, suas experiências, seus cargos, sua escolaridade e seus cursos.

Dê exemplos de casos nos quais você teve atuação decisiva. Mostre que você fará a diferença dentro de qualquer empresa que tenha o privilégio de contar contigo no seu quadro de colaboradores.Também tenha cuidado como português e com a diagramação. Em resumo, capriche, pois a primeira impressão é a que fica.

Não encha linguiça:

Aqui, novamente bate a irresistível vontade de colocar no currículo aquela experiência marota, do tipo “especialista em manutenção de foguetes na NASA”, mas, além de não se sustentar, essa informação tomará o espaço de outras que realmente são essenciais. Aliás, quanto mais enxuto o seu currículo, melhor. Com os departamentos de RH´s cada vez sobrecarregados de currículos, as informações devem saltar aos olhos dos recrutadores.

Mas, além dessas dicas há outras tão importantes quanto, que podem parecer banais e irrelevantes. São essas:

Nome completo: Como se trata de um documento formal (não confundir com chato ou quadrado) é necessário seu nome completo.

Sem foto: Mesmo vivendo numa época em que uma imagem vale mais do que todas as palavras, aqui você está “vendendo” o seu perfil profissional, suas experiências, sua formação e suas expertises. Se você é confundido frequentemente com o Cauã Raymond ou se lhe perguntam se você é a irmã gêmea da Isis Valverde, não é isso que fará de você a candidata ou candidato certo para a vaga, a não ser que seja para uma agência de modelos ou algo do tipo.

Endereço: Como você não está convidando o recrutador para um churrasco na sua casa, não é necessário inserir o endereço completo, e sim, somente o bairro, cidade e estado, que já é o suficiente para que saibam se você mora perto ou longe do local da vaga.

Telefone de recado: Se você inserir essa informação, que seja de uma pessoa que atenda o telefone, e que esteja disposta a lhe ajudar.

Trabalho voluntário: Se vale? Claro que sim! Além de mostrar que você é consciente, também revela que você está disposto a colocar a mão na massa.

Trabalho freelancer: Também vale! Experiência é sempre bem-vinda.

Ordem no documento: Ordene o histórico profissional, formação acadêmica e cursos sempre das experiências mais recentes para as mais antigas.

Pois bem, após você realizar todas as alterações e estiver com seu currículo perfeito em mãos, é hora de envia-lo às agências de emprego e empresas que lhe interessam. E não se esqueça de inseri-lo no seu perfil do LinkedIn. No mais, seja persistente, constante e não desista. Seu momento está chegando.

  

LEIA MAIS

21/01/2022 - 20:25

20/01/2022 - 17:57

19/01/2022 - 14:59

VER MAIS
Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por