Júlia Mari

Crie seu próprio jardim vertical

Saiba quais plantas colocar em ambientes com pouca ou muita luminosidade

Júlia Mari - Arquiteta pela Universidade de TaubatéPublicado em 24/09/2021 às 15:59Atualizado há 25/09/2021 às 01:33
Exemplos de decoração com Jardim Vertical

Exemplos de decoração com Jardim Vertical

Já ouviu falar sobre jardim vertical? Os jardins verticais são estruturas verdes que ficam simplesmente maravilhosas em qualquer ambiente, unindo o que há de melhor entre plantas e decoração e indo muito além de apenas estética. 

Um recurso natural que beneficia o espaço de diversas formas e traz a sensação de bem-estar aos usuários, protegendo, também, as paredes de intempéries e escondendo imperfeições que, por ventura, façam parte das estruturas.

Perfeito para quebrar a monotonia do ambiente e ainda dar mais leveza ao espaço.

E os benefícios?

 Os pontos positivos em ter um jardim vertical vão muito além do estético (que também é fundamental para a composição de um ambiente confortável), mas suas qualidades vão muito além do que você pode imaginar. Então, dê uma conferida nesses tópicos e se apaixone de vez por essa tendência:

 1- Valorização e reaproveitamento de espaços que antes não haviam destaque ou nenhum detalhe em especial, e melhor, tudo de maneira sustentável.

2- A temperatura do ambiente é reduzida, consideravelmente, por conta da presença de plantinhas, que suavizam o efeito dos raios solares. Também servem como barreira de ventos, reduzindo a sensação de ares quentes ou frios.

3- Extremamente versátil, podendo ser aplicados não apenas em paredes, mas em qualquer estrutura vertical, como escadas, móveis, biombos e tudo o que a sua imaginação criar.

4- Se bem projetado, pode servir até mesmo de separadores de ambientes.

5- A qualidade do ar melhora: as plantas umidificam o ambiente, tornando-o mais puro através da fotossíntese.

6- Planta traz vitalidade, frescor e novos aromas ao espaço.

Onde instalar meu jardim vertical?

O primeiro passo é escolher a parede que contemplará a estrutura do jardim. É muito importante ter em mente que determinando o local, você também estará determinando quais espécies utilizar.

Uma parede que tenha uma incidência fraca da luz solar durante o dia terá que abrigar plantas e folhagens de meia sombra ou sombra. Já as paredes que têm uma incidência forte de sol, precisam de espécies de sol pleno. Esse estudo é muito importante para que suas plantinhas não sofram com a quantidade de sol ou a falta dele.

Em relação à estrutura existem diversas opções válidas, como os pallets, canos de PVC, treliças, ripados de madeira, painéis de fibra de coco e até garrafas PETS. Nessa hora, a imaginação vai longe e o melhor, cabe em todos os orçamentos.

 CUIDADO: Com todos os benefícios conferidos a essa estrutura, é necessário ter muito cuidado ao fazer a instalação do jardim, e depois, na manutenção que demanda cada espécie. 

A impermeabilização é indispensável na hora da instalação, afinal, as plantas ficam em contato direto com a parede. E em relação ao piso que ficará abaixo do jardim, o recomendado é usar calhas para não haver excesso de líquido retido no local.

Exemplos de decoração com Jardim Vertical

 Quais espécies usar?

 Meia Sombra

As espécies de meia sombra são as mais versáteis para as estruturas verdes. E opções não faltam. Veja abaixo uma relação de espécies que são ótimas para você incluir no seu projeto.

 Espada de São Jorge, Babosa-de-pau, Hera-inglesa, Flor-de-maio, Samambaia, Singônio, Russélia, Antúrio, Jiboia, Suculentas, Cróton, Cactos, Yucca, Arvore-da-Felicidade, Zamioculcas, Peperômia, Ciclanto, Camedórea-Elegante, Palmeira Ráfia, Maranta, Costela-de-Adão e Jiboia são alguns exemplos.

Espécie de meia sombra

    

Sombra

Se você está pensando em um jardim vertical para um ambiente interno sem incidência direta de luz solar, experimente usar as seguintes plantas:

Samambaia, Antúrio, Asplênio, Singônio, Véu-de-Noiva, Dinheiro-em-Penca, Peperômia, Renda-Portuguesa, Babosa-de-Pau e Chifre-de-Veado. 

Espécies de Sombra

 Luz plena

E caso você esteja pensando em um ambiente externo, como uma varanda ou algum espaço de quintal, aqui estão as espécies que mais ficarão felizes e crescerão saudáveis com maior incidência de luz:

Lambari-roxo, Aspargo-pluma, Barba-de-serpente, Colar-de-pérolas, Tillandsia, Orquídea-grapete, Brilhantina, Clorofito, Hera-inglesa e Jiboia.

Espécies de Luz Plena

E então, que tal dar mais vivacidade ao ambiente? 

Espero que tenham gostado e até a próxima!

Assuntos

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: