Júlia Mari

Cobogó: Já ouviu falar?

Júlia Mari - Arquiteta pela Universidade de Taubaté
03/12/2021 às 09:57.
Atualizado em 03/12/2021 às 09:57
Cobogó

Cobogó

Com certeza você sabe o que é um cobogó, mas talvez não saiba que esse é o seu nome. Esses elementos vazados dão uma estética totalmente própria para o local, além de resolver problemas funcionais na construção. E hoje, vou contar um pouquinho do seu surgimento e também como ele é versátil e fica lindo em todos os ambientes imagináveis.

História

O Cobogó surgiu especificamente no Recife em 1929, originalmente feito em concreto, quando dois comerciantes e um engenheiro tiveram a incrível ideia de criar esses elementos vazados e então, nomearam a partir das primeiras sílabas dos sobrenomes deles: Coimbra, Boeckmann e Góes. “Co-Bo-Gó”, legal né?

A princípio o desenho foi inspirado nos muxarabis, elementos vazados de origem árabe com pequenas tramas e feitos de madeiras.

Foram idealizados para trazer mais privacidade para sacadas e janelas das casas e também resolver questões térmicas das construções das casas nordestinas, auxiliando na ventilação natural e incidência do sol durante o dia.

O elemento se espalhou muito rapidamente por ser uma ideia simples e barata e passou a servir também como divisórias no interior das casas. A partir daí, o cobogó passou por diversas mutações ao longo do tempo e está presente até hoje por se tratar de um elemento que une estética e funcionalidade perfeitamente.

As composições e formas de usos são simplesmente infinitas, então vou deixar para vocês algumas ideias e aplicações que transformam o ambiente.

Cobogó

Como eu disse, o cobogó era, originalmente, blocos de concreto, mas com o passar do tempo ele sofreu diversas mutações estéticas de cores, materiais e usabilidade. Ele, com certeza, tem o poder de transformar qualquer ambiente da casa.

Cobogó

Quando utilizados em fachadas ou substituindo uma parede inteira, o Cobogó tem o poder de dar leveza ao volume como um todo, como é o caso da imagem abaixo.

Agora, imagina se não tivesse a aplicação do elemento vazado, não haveria esse jogo de luz e sombra que fica absurdamente lindo, ou também, a fachada não teria essa leveza toda. É simplesmente apaixonante, não é?

Cobogó

O cobogó passou a fazer parte até dos móveis, novamente, o elemento traz leveza e o jogo de sombras fica incrível em todas as suas formas. Neste exemplo, foi utilizado o elemento vazado para criar o tampo da mesa de centro e ficou totalmente único, com certeza, cria uma atmosfera toda brasileira para o ambiente.

Cobogó

O Cobogó já fica lindo por si só, quando colocam cor ele é elevado a outro patamar. Aqui a criatividade e a composição do ambiente que mandam e fica incrível.

Cobogó

Cobogó

Cobogó

A versatilidade do cobogó garante um leque infinito de possibilidades e é por isso que está tão presentes novamente no cenário da arquitetura atual. Mas e aí? O que achou? Já sabia o nome e a origem?

Esse é um elemento nacional de dar orgulho e eu simplesmente amo e espero que vocês tenham amado também!

Vem conversar comigo no instagram @juliamarinl e me conta se gostou ou não de aprender um pouco mais sobre o cobogó. Semana que vem estou de volta com outras maravilhas do mundo da Arquitetura e decor. Até mais pessoal 

LEIA MAIS

12/08/2022 - 23:46

12/08/2022 - 23:42

VER MAIS
Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por