Porto Alegre

São Paulo é atropelado pelo Grêmio fora de casa pelo Brasileirão

Thiago Santos, Diogo Barbosa e Jhonata Robert, em chute do meio-campo, balançaram as redes para o Tricolor gaúcho

Gazetapress
02/12/2021 às 22:16.
Atualizado em 02/12/2021 às 22:16
Arena do Grêmio (Pinterest)

Arena do Grêmio (Pinterest)

Quem esperava que o Grêmio seria rebaixado nesta quinta-feira terá de aguardar. Recebendo o São Paulo, em Porto Alegre, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time comandado por Vagner Mancini não teve dificuldades para dominar a partida, vencer por 3 a 0 e seguir vivo na luta contra o descenso para a Série B. Thiago Santos, Diogo Barbosa e Jhonata Robert, em chute do meio-campo, balançaram as redes para o Tricolor gaúcho.

O São Paulo foi a campo com mudanças nesta quinta-feira. Gabriel Sara começou o jogo exercendo o papel de ala-direito, com Arboleda, Miranda e Léo formando o trio de zaga. Atendendo aos pedidos da torcida, Ceni escalou Benítez como titular, mas o primeiro tempo do argentino foi desastroso, assim como a maioria da equipe, que também não apresentou melhora na etapa complementar.

Com o resultado, o Grêmio foi a 39 pontos e segue na 18ª colocação do Brasileiro, mas agora a apenas um tento do Bahia, primeiro time do Z4. O São Paulo, por sua vez, continua em 12º lugar, com 45 pontos. Com apenas mais duas rodadas para o fim do campeonato, o Tricolor gaúcho precisa vencer os seus compromissos restantes e ainda torcer pelos tropeços do Bahia e Athletico-PR para se livrar do rebaixamento.

O jogo – O São Paulo esteve longe de fazer um primeiro tempo brilhante. Com mudanças em relação ao jogo contra o Sport, o time comandado por Rogério Ceni não conseguiu atacar e se mostrou um tanto quanto despreparado para transformar as ideias do treinador em realidade.

O Grêmio, não tendo nada a ver com isso, foi para cima e só não abriu o placar aos 12 minutos porque Miranda operou um milagre. Rodrigo Nestor vacilou na saída de bola, foi desarmado, e a bola sobrou para Thiago Santos, que, sem goleiro, chutou em cima do zagueiro tricolor.

Mas, dez minutos depois, o volante se redimiu com a torcida do Grêmio. Diogo Barbosa cruzou pela esquerda, e Thiago Santos apareceu no segundo pau, livre da marcação, para cabecear para o fundo das redes, abrindo o placar para os donos da casa.

Daí em diante o jogo esfriou. O São Paulo tentou atacar o Grêmio para recuperar o prejuízo, mas seguia com dificuldades para trocar passes com naturalidade no campo ofensivo. O Grêmio, por sua vez, adotou uma postura mais cautelosa para ir para o intervalo com o resultado favorável.

Segundo tempo

Rogério Ceni promoveu mudanças na equipe para o segundo tempo. Marquinhos e Igor Vinícius entraram nas vagas de Welington e Benítez, respectivamente, mas a postura do São Paulo continuou a mesma. O Grêmio, por sua vez, manteve a mentalidade e quase ampliou logo aos seis minutos, quando Figueirinha fez fila na defesa tricolor e por pouco não marcou um golaço, batendo para fora.

Pouco depois, Ferreirinha recebeu de Douglas Costa na esquerda, ajeitou, mas, na hora da finalização, foi travado. Não satisfeito, ele ainda carimbou a trave em nova investida no mano a mano.

Se Ferreirinha não conseguiu ampliar, melhor para Diogo Barbosa. Aos 24 minutos, Diogo Barbosa conduziu pela esquerda, cortou para o meio e bateu com a perna direita, que não é a boa, mandando no ângulo de Tiago Volpi, que tentou se esticar todo, mas não evitou o segundo gol gremista.

Antes do apito final, o Grêmio ainda teve tempo de fechar os trabalhos com um golaço de Jhonata Robert, que soltou uma bomba do meio-campo para encobrir o goleiro Tiago Volpi, adiantado, e garantir o importantíssimo triunfo em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 3 X 0 SÃO PAULO

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data: 2 de dezembro de 2021, quinta-feira

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)

VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

GOL: Thiago Santos, aos 12 do 1ºT, Diogo Barbosa, aos 24 do 2ºT, Jhonata Robert, aos 49 do 2ºT (Grêmio)

Cartões amarelos: Rigoni, Miranda (São Paulo); Douglas Costa, Gabriel Grando, Borja (Grêmio)

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rafinha, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Sarará) e Lucas Silva; Douglas Costa (Jhonata Robert), Campaz (Villasanti) e Ferreira (Darlan); Diego Souza (Borja).

Técnico: Vagner Mancini.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Arboleda, Miranda, Léo e Welington (Marquinhos); Rodrigo Nestor (Liziero), Igor Gomes (Gabriel Neves), Gabriel Sara e Benítez (Igor Vinícius); Rigoni (Juan) e Calleri.

Técnico: Rogério Ceni.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por