Acesso

São José e Taubaté: duas divisões e um mesmo sonho em 2022

O Taubaté, que está na Série A-2, estreia no dia 26 de janeiro, a partir das 19h, quando recebe o Oeste de Barueri no estádio Joaquinzão

Marcos Eduardo Carvalho
20/01/2022 às 17:25.
Atualizado em 22/01/2022 às 01:27
Jogo treino do Taubaté contra o São Bernardo FC (Caíque Toledo/EC Taubaté)

Jogo treino do Taubaté contra o São Bernardo FC (Caíque Toledo/EC Taubaté)

Taubaté e São José iniciam nesses próximos dias a caminha rumo a mais um acesso na história, embora cada um em uma divisão diferente. Porém, tanto o Burro da Central quanto a Águia do Vale montaram times competitivos para a temporada 2022.

O Taubaté, que está na Série A-2, estreia no dia 26 de janeiro, a partir das 19h, quando recebe o Oeste de Barueri no estádio Joaquinzão. Aliás, para o time profissional, será o primeiro encontro com a torcida desde 14 de março de 2020, quando jogou com o XV de Piracicaba, diante de mais de 1.000 pessoas no estádio.

Agora, o Burrão aposta no técnico Douglas Leite, que comandou o time na Copa Paulista. Mesmo com um orçamento limitado, o Taubaté não terá mais problemas de penhoras, após quitação das dívidas trabalhistas, e montou um elenco qualificado.

Por exemplo, a equipe contratou o goleiro Felipe, ex-Corinthians, e o atacante Bambam, ex-Água Santa e que foi artilheiro da A-2.

SÃO JOSÉ

Enquanto isso, a Águia do Vale estreia na Série A-3 do Paulista no dia 29, fora de casa, contra o recém promovido União Suzano. A partida, disputada no estádio Figueirão, na cidade da Grande São Paulo, começa a partir das 15h.

Desde o ano passado, o São José faz pré-temporada sob comando do técnico Edson Vieira e sonha com a vaga. Para isso, também montou um time forte na divisão, com jogadores como o lateral Makelele e o atacante Tom.

Taubaté terá mata-mata se avançar às quartas de final

O Taubaté vai disputar 15 jogos na primeira fase do Campeonato Paulista da Série A-2, onde os oito primeiros colocados se classificam para as quartas de final e os dois últimos caem para a Série A-3. No ano passado, o Burro da Central ficou em 14º lugar e chegou a correr risco de queda. Agora, quer se garantir entre os oito que vão para o mata-mata. Na segunda fase, os times se enfrentam em jogos de ida e volta, onde dois resultados iguais leva a decisão para os pênaltis. Apenas os dois finalistas conquistarão o acesso para a Série A-1 de 2023. Por isso, o time comandado pelo técnico Douglas Leite vai tentar fazer o dever de casa para ter uma pontuação suficiente para ao menos avançar e, depois, brigar pela vaga à elite do Campeonato Paulista do ano que vem.

São José quer vaga no quadrangular de acesso da Série A-3

O São José vai ter um regulamento diferente na Série A-3 do Campeonato Paulista desse ano. Isso porque, em 2021, a segunda fase era disputada no formato de mata-mata e, agora, serão dois quadrangulares. Entretanto, na primeira fase, os times ainda se enfrentam em turno único, com 15 jogos para cada um, classificando os oito primeiros e rebaixando os dois últimos. Depois, no quadrangular, os dois primeiros de cada grupo vão para as semifinais, onde apenas os dois finalistas conquistam o acesso para a Série A-2. Na temporada passada, a Águia do Vale foi eliminada nas quartas de final pelo Linense, depois de vencer por 1 a 0 fora de casa e levar 3 a 1 no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por