Futebol

Dúvida na semi da Libertadores, Diego Costa já teve lesão parecida antes de decisão da Champions

Centroavante fez um tratamento conhecido como "placenta de égua" em 2014, que não deu certo. Dessa vez ele deverá começar a partida no banco

Agência O Globo - Publicado em 28/09/2021 às 16:30Atualizado há 28/09/2021 às 16:33
Diego Costa lesionado no jogo de ida contra o Palmeiras na semifinal da Libertadores, no Allianz Park, no último dia 21. O placar foi 0 a 0 (FERNANDO BIZERRA / Pool via REUTERS)

Diego Costa lesionado no jogo de ida contra o Palmeiras na semifinal da Libertadores, no Allianz Park, no último dia 21. O placar foi 0 a 0 (FERNANDO BIZERRA / Pool via REUTERS)

O centroavante Diego Costa, do Atlético-MG, atualmente com uma lesão na coxa esquerda e dúvida para o jogo de volta contra o Palmeiras nesta terça-feira, pela semifinal da Libertadores, já enfrentou um problema semelhante quando atuava pelo Atlético de Madrid, em 2014. no programa “Resenha ESPN”, exibido em janeiro de 2020, ele comentou sobre os momentos de dor que enfrentou para tentar disputar a final da Champions League.

Mas vale tudo por um jogo? Naquela época, para Diego, valia. O tratamento da “placenta de égua”, questionável do ponto de vista de diversos profissionais, consiste na aplicação de líquido da placenta do animal na região lesionada ou do uso desse insumo para massagear a região dolorida, visando uma rápida recuperação. O tratamento, no entanto, não tem nenhuma comprovação científica.

— Falaram muita coisa sobre a placenta de égua, que era mentira. Esse tratamento foi verdadeiro, enquanto me aplicavam as descargas elétricas na perna o médico fumou dois cigarros. Foi difícil e muito doloroso. Tanto que logo a seguir corri e não sentia qualquer tipo de dor. Foram duas horas de sessões antes de voltar ao hotel. Para mim, naquela época, não havia mais nada para além da final da Liga dos Campeões. Não pensei em mais nada. Nem no Mundial nem na época seguinte, só no jogo de Lisboa — contou Diego Costa.

O tratamento não deu certo e o centroavante foi substituído aos 9 minutos do primeiro tempo, sentindo a coxa. O Atlético de Madrid perdeu por 4 a 1 para o Real Madrid, à época. Diego sofreu a lesão no jogo de ida contra o Palmeiras no Allianz Parque e deve ficar no banco durante toda a partida de hoje. O Galo deve entrar com Eduardo Vargas no lugar do camisa 19. O jogo acontecerá hoje, no Mineirão, às 21:30h, valendo uma vaga na final da Libertadores. O vencedor enfrentará o Flamengo ou o Barcelona do Equador.

Assuntos

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: