Tóquio-2020

Brasil já tem cinco medalhas até agora nas Olimpíadas

Assim, expectativa é de bater o recorde da competição anterior

Marcos Eduardo CarvalhoPublicado em 28/07/2021 às 01:08Atualizado há 28/07/2021 às 01:08
ÍTalo Ferreira comemora o ouro em Tóqui (COB/Divulgação)

ÍTalo Ferreira comemora o ouro em Tóqui (COB/Divulgação)

Desde o início das Olimpíadas de Tóquio, na semana passada, o Brasil já conquistou, no total, cinco medalhas, o melhor desempenho médio da história do país.

Apesar de algumas decepções, o Brasil está indo bem neste início de disputa e prevê novas conquistas mais para frente.

Até agora, o Brasil já tem uma medalha de ouro, duas medalhas de prata e outras duas de bronze.

Assim, o melhor resultado até agora foi a medalha de ouro de Ítalo Ferreira, no surfe, na madrugada desta terça-feira (27).

Logo no primeiro ano em que a modalidade está nos Jogos, o Brasil já foi ao lugar mais alto do pódio.

Por outro lado, Gabriel Medina, outro favorito ao ouro, ficou de fora das finais após cair na semi em resultado que gerou muita polêmica e reclamação por parte do atleta.

Quem também fez bonito até agora foi o skate, outro esporte que está em seu primeiro ano nas disputas olímpicas.

Com isso, nesta modalidade, o Brasil conquistou as duas medalhas de prata até agora em Tóquio-2020.

A primeira veio durante a semana passada, com Kelvin Koeflen, que ficou com o segundo lugar na disputa da categoria street.

Ainda na categoria street, na madrugada de segunda-feira (26) veio a outra medalha do Brasil, essa talvez a mais comemorada até agora.

Isso porque a conquista veio de Rayssa Leal, uma menina de apenas 13 anos, que parecia brincar dentro da pista de skate.

Por outro lado, nomes como Letícia Bufoni e Pamela Rosa, que viviam a expectativa de medalhas, acabaram ficando de fora do pódio.

BRONZE.

Além deles, o Brasil garantiu mais duas medalhas de bronze até agora nas disputas.

A primeira foi com o judoca Daniel Cargnin, que não escondeu a emoção com a conquista da medalha.

E, na noite de segunda-feira (36), a natação brasileira produziu sua primeira medalha com o bronze de Fernando Scheffer na prova dos 200 metros livre.

Assuntos

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: