Especial

Escola de Notícias: repórteres mirins de OVALE entrevistam prefeito de S.José sobre futuro da cidade

Anderson Farias foi entrevistado por grupo de alunos do 5º ano: ‘Eles sonham’

Xandu Alves
20/05/2022 às 22:54.
Atualizado em 21/05/2022 às 00:19
Encontro. Alunos da escola municipal Luiza Guratti entrevistam o prefeito Anderson Farias (Divulgação / Claudio Vieira / PMSJC)

Encontro. Alunos da escola municipal Luiza Guratti entrevistam o prefeito Anderson Farias (Divulgação / Claudio Vieira / PMSJC)

Entre as muitas tarefas que Anderson Farias (PSD) tem à frente da maior cidade do Vale do Paraíba, o prefeito de São José dos Campos encarou uma missão diferente na última sexta-feira (20): responder perguntas de 20 alunos do 5º ano B da escola municipal Luiza Maria Cavalcanti Guratti, no Loteamento Setville Altos de São José, na região leste da cidade.

Clique e faça parte do nosso grupo no WhatsApp e receba matérias exclusivas. Fique bem informado! Acesse: https://bit.ly/ovale-agora-34

A turma participa do ‘Notícias do Futuro’, projeto especial de OVALE que se pauta nos sonhos e nos desejos de crianças e adolescentes para transformá-los em metas, objetivos e pautas a serem alcançadas por todos nós.

Durante cerca de uma hora, os estudantes puderam sabatinar o prefeito de São José. O papo começou descontraído com os alunos achando Anderson jovem para seus 47 anos: “Vocês são os primeiro a falar isso. Sempre me acham mais velho”, disse o prefeito.

OVALE acompanhou o encontro. Confira a entrevista de Anderson com os pequenos cidadãos e cidadãs da cidade.

 Quem é seu vice?

É o presidente da Câmara, o vereador Roberto da Penha, que vocês conhecem como Robertinho da Padaria. Ele que é o vice. Na minha ausência, é ele quem assume. Eu era o vice até o dia 1º de abril, foi o dia da verdade, quando assumi como prefeito no lugar do Felicio Ramuth.

 Como o senhor gostaria que São José fosse no futuro?

Que São José continue sendo essa bela cidade, com qualidade de vida e um futuro promissor. O futuro é vocês. Todos muito bem formados, com suas famílias constituídas e cuidando da nossa cidade.

 Como o senhor acha que será a escola de São José no futuro?

Que seja uma escola acolhedora, com os professores cada vez mais bonzinhos, mas que puxem a orelha para ensinar vocês. Eles estão lá para ensinar vocês. Que seja mesmo uma escola cada vez mais acolhedora, que vocês estejam lá dentro e possam aprender a serem bons cidadãos. Não é só ensinar matérias é dar conhecimento para vocês.

 Prefeito, quais os sonhos que o senhor tem para o futuro?

Que a gente continue tendo a nossa cidade que se destaca pelas suas pessoas. Acredito que precisamos sempre avançar e inovar. A cidade é um celeiro de boas ideias, de boas pessoas bem formadas. A educação faz parte de tudo isso.

 Por que o senhor quis ser prefeito?

Olha, eu quis ser vice-prefeito e ser prefeito aconteceu. Mas é uma missão importante para a nossa cidade. Imagina a oportunidade em ser prefeito e poder de fazer algo que muda a vida das pessoas, em todas as áreas. Na educação, cuidar das pessoas na saúde. Uma oportunidade única que eu faço com muita alegria. Acordo cedo todos os dias e minha família fica em casa e saio para trabalhar para que possa melhorar a vida das pessoas.

 Como é ser prefeito da cidade?

É diferente numa cidade como São José dos Campos. A cobrança é muito alta porque tem uma qualidade muito boa. A nossa cidade é diferente. Cuidar de uma cidade como essa é muita responsabilidade e tem que estudar muito, respeitar a mamãe e o papai.

 Quais os projetos para as escolas da nossa cidade?

São muitos os projetos. Temos o projeto de ensino de tempo integral, não é escola de tempo integral. Que a gente possa ter vocês com atividades o dia inteiro dentro dos equipamentos que a prefeitura, que dá oportunidades para vocês, na área da cultura, do esporte. Esperamos que vocês aproveitem essas oportunidades. Com certeza sempre tem o dom, alguns para o esporte, cultura, música, engenharia.

Temos projetos como a escola ativa, a escola do futuro, o atleta cidadão. Temos a nossa educação 5.0 e que a gente saiba usar a tecnologia para ter o conhecimento e o aprendizado.  O Jonhy e os professores nos ajudam a ser a cidade da educação, de ter a formação e a oportunidade para vocês.

 Quais os projetos para os professores?

São vários, começando pelo salário. Primeiro o investimento em qualificação dos professores e a prefeitura se preocupa muito com essa área. Eles se formam na faculdade e prestam concurso público, disputando vaga com várias outras professoras para estar em sala de aula.

Esses professores vão dar aulas para vocês. Eles prestam concurso público e estudam muito para serem professores e depois para disputar essa vaga, e fazer uma carreira na prefeitura. Os professores fazem uma vida aqui na prefeitura. O que fazemos é investir cada vez mais na carreira deles. Eles querem ter novos conhecimentos. Damos a condição para que eles possam trabalhar e ensinar para vocês cada vez melhor.

 Quais os projetos para os bairros da região do Setville?

É um bairro novo, um loteamento com alguns bairros. Temos a Via Cambuí com novo acesso àquela região e temos ainda alguns loteamentos que sairão nos próximos anos, e também um acesso novo. Ali é uma região que emendou a região leste com a sudeste. Entre o Putim e o Campos de São José tinha um nada, apenas um bairro chamado Santa Lúcia. Hoje não, já ficou fazendo parte quase que da mesma região.

No Setville, temos uma nova escola, uma nova creche, no futuro temos área reservada para unidade avançada da saúde, temos UBS. Tem alguns projetos de mobilidade, do sistema de transporte público para atender aquela região. Seremos a primeira cidade com todos os nossos ônibus elétricos.

 O senhor pretende construir mais parques na cidade?

Felicio costuma chamar a cidade de São José dos Parques. Temos vários parques na cidade: Serrado, da Cidade, Alberto Simões, Santos Dumont, Alambari, Vicentina Aranha. O Parque Santa Julia está perto de vocês com o escorregador e está em obra, estamos fazendo uma pista de caminhada, tem projeto que vamos apresentar para fazer um deck dentro do lago e colocar uma fonte luminosa.

Temos muitas atrações nos parques. Tem também, ao longo da Via Cambuí, um trecho perto da Faculdade de Medicina e vamos construir um deck para ver o pôr do sol, um parque linear. É bem bonito e vamos fazer. Quem pedala? Eu também gosto, mas tem que respeitar o trânsito e ter cuidado. O carro cuida da moto, a moto cuida da bicicleta e a bicicleta do pedestre. Sempre o maior cuida do mais fraco.

 O que achou dos entrevistadores?

É muito bacana. As perguntas que eles fazem têm tudo a ver. O mais legal é incentivar que eles sonhem. E eles sonham e têm seus desejos, sabem o que querem, têm ideias. As professoras fazem esse trabalho e eles falam de políticas públicas, e isso é muito legal. Eles têm a formalidade do “senhor prefeito” e mostra esse respeito que eles aprendem em casa.

É bom esse encontro para aproximar muito mais com a gente, o poder público. Eles são o nosso futuro e dependem de nós para deixarmos um futuro para eles.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por