Branded Content

Centros regionais da juventude, escolas de tempo integral e ampliação do castramóvel são algumas das sugestões à LDO 2022

Por meio da participação online e presencial, munícipes sugeriram destinação de recursos no orçamento do próximo ano

OVALEBrandStudioPublicado em 20/06/2021 às 23:51Atualizado há 24/07/2021 às 01:46
Centro da Juventude. Jovens andam de skate na área coberta do espaço que fica na região sul de S. José (Cléverson Nunes)

Centro da Juventude. Jovens andam de skate na área coberta do espaço que fica na região sul de S. José (Cléverson Nunes)

Ao todo, 36 cidadãos contribuíram com 73 sugestões, entre manifestações presenciais e online, ao projeto da LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022 (PL 266/21), em tramitação na Câmara.

Por meio de formulário, que ficou disponível no site do legislativo de 21 de maio a 10 de junho, os munícipes sugeriram a destinação de recursos para ações de manutenção de áreas públicas, ações educacionais, ambientais, esportivas, entre outras, a exemplo da ampliação do programa de castração de animais domésticos.

Nos serviços de manutenção, limpeza periódica das bocas de lobo; asfaltamento de vias nas regiões leste e sul, recapeamento asfáltico da Avenida Cidade Jardim e Via Norte; melhorias em quadras esportivas e plantio de árvores na área urbana.

Na educação, mais recursos para as escolas em tempo integral; municipalização gradual das escolas estaduais de ensino fundamental e substituição dos notebooks usados pelos professores da rede municipal de ensino.

Entre as obras sugeridas para qualidade de vida dos moradores e a inclusão de pessoas com deficiência estão a implantação de um poliesportivo no centro da cidade; de um centro de referência para pessoas com Transtorno do Espectro Autista; e de um centro de convivência para pessoas com esquizofrenia e doenças mentais. Além de uma UBS no Jardim República, zona sul. Na mobilidade, ciclovia, novos acessos e ligações entre bairros.

Outros pedidos abrangem a segurança nas unidades de saúde (Hospital Municipal e Unidades Básicas de Saúde); castramóvel na região leste; e uma reforma administrativa visando redução de custos.

Moradores de diversos bairros enviaram mensagens: Vila Sinhá, Vila Industrial, Jardim América, Jardim das Indústrias, Parque Nova Esperança, Jardim São José, Jardim Portugal, Jardim Telespark, Floradas de São José, Jardim Bela Vista, Urbanova, Jardim Esplanada, Jardim Imperial, Vale do Sol, Vista Verde e Vista Linda.

Além do envio online, outra possibilidade era protocolar contribuição por escrito pessoalmente na Câmara. Foi o que fizeram os Conselhos Tutelares Centro, Sul e Leste, por meio de ofício conjunto. Os conselheiros sugerem 25 ações, entre as quais: implantar uma unidade na região norte; construir centros da juventude regionais, espaços esportivos e de lazer; criar um núcleo de combate à evasão escolar; capacitar profissionais que atuam nas instituições de proteção à infância e adolescência; aumentar equipes dos CREAS (Centro de Referência de Assistência Social), para onde são encaminhados os casos de violações de direitos, e do CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) Infantil.

Já na audiência pública realizada na Câmara, em 7 de junho pela Comissão de Economia, Finanças e Orçamento da Câmara, os cidadãos presentes sugeriram a implantação de políticas públicas para a erradicação do trabalho infanto-juvenil e melhores condições de ensino na educação inclusiva, voltada a estudantes com deficiência. Outras demandas apresentadas foram a privatização da Urbam (Urbanizadora Municipal) e maior debate público sobre a destinação dos recursos do Fundeb na educação básica.

Todas as contribuições passam pela análise da Comissão e serão encaminhadas à Secretaria de Gestão Administrativa e Finanças da prefeitura para averiguar a viabilidade. As devolutivas serão publicadas na página temática da LDO no site da Câmara.

Assuntos

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: