Nossa Região

Agora divulgados, 'arquivos X' da Aeronáutica relatam Óvnis no Vale

Até então secretos, os documentos relatando avistamento de objetos voadores não identificados vêm sendo liberados

Xandu Alves@xandualves10
14/07/2017 às 23:31.
Atualizado em 08/07/2021 às 17:30
Óvnis. Montagem mostra como teria sido a perseguição ao objeto (Divulgação)

Óvnis. Montagem mostra como teria sido a perseguição ao objeto (Divulgação)

Piloto: "Eles mudam de cor o tempo todo. Ficam vermelhos, amarelos, verdes, azuis, brancos. Tá bonito. Estou arrepiado, meu irmão".

A gravação do diálogo acima está guardada no Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro. Trata-se de conversa entre piloto e controladores de voo em São José dos Campos, em 19 de maio de 1986.

A data ficou conhecida como "Noite Oficial dos Óvnis no Brasil", os Objetos Voadores Não Identificados. Naquela noite, de acordo com a Aeronáutica, foram relatados 21 avistamento de objetos sem identificação no país.

Até então secretos, os documentos relatando os avistamento vêm sendo liberados ao público desde 2010. A cada ano novos lotes são divulgados pelo Arquivo Nacional.

Há um capítulo especial nessa história em 19 de maio de 1986, tendo palco o céu de São José e uma testemunha ilustre: Ozires Silva, então presidente da Petrobras.

Documento confidencial da Aeronáutica relata a movimentação de 21 objetos não identificados que foram acompanhados por radares da torre de controle aéreo de São José.

A bordo de um avião, Ozires viu a esquadrilha: "Na altura de 600 metros, vimos pontos luminosos, de cor laranja-vermelhado, com brilho muito intenso", conta ele. "Tentamos nos aproximar das luzes, mas desistimos. As luzes apagavam e acendiam em lugares diferentes. Observamos variações muito rápidas de velocidade".

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por