Viver

Museu do Folclore aborda a transmissão de saberes durante encontros virtuais

Da RedaçãoPublicado em 09/07/2021 às 00:09Atualizado há 22/07/2021 às 12:23
Museu do Folclore (Divulgação)

Museu do Folclore (Divulgação)

Como é possível manter a transmissão de saberes na atualidade e conciliar tradição e inovação diante das mudanças provocadas pelas novas tecnologias e a pandemia da convid-19? Estas e outras questões serão discutidas pelo Museu do Folclore de São José dos Campos em quatro encontros virtuais nos dias 13, 15, 19 e 21 de julho.

A participação é aberta a interessados e as inscrições podem ser feitas pela internet, no link: bit.ly/DialogandocomFolclore-2021.

A iniciativa faz parte do projeto Dialogando com o Folclore, realizado anualmente pelo museu. E, mais uma vez, acontecerá de forma remota, em razão da pandemia da covid-19. Os encontros terão como tema central a ‘Transmissão de Saberes – Pontes entre tradição e atualidade’ e reunirão representantes ligados às culturas indígena, negra e de tradição caipira, além de jovens.

As conversas serão transmitidas pela plataforma Google Meet e contarão com a presença de mediadores (Tiane Tessaroto, Renata Sparapan e Luiz Antônio Guerra). As pessoas inscritas e que acompanharem todos os encontros poderão solicitar um certificado de participação, que será emitido pelo Museu do Folclore.

“A cultura popular é dinâmica e está em processo constante de transformação, o que faz com que o próprio conceito de folclore esteja sempre em construção. Queremos propor, nesta edição do evento, uma reflexão sobre o quanto e de que forma as novas tecnologias e a própria pandemia da covid-19 influenciaram o processo de transmissão de saberes”, explica Tiane Tessaroto, pesquisadora do museu.

Programação

Dia 13 (terça-feira): 19h30 às 21h

Mediação: Tiane Tessaroto

Daniel Mundukuru: Filósofo e escritor com mais de 50 livros publicados. Doutor em Educação. Diretor do Instituto Uka Casa dos Saberes Ancestrais. Pertence ao povo Munduruku, do Pará.

Graciela Guarani: Produtora cultural, ativista, cineasta, curadora de cinema e formadora em audiovisual. Pioneira em produções originais audiovisuais no cenário brasileiro. Pertence à nação Guarani Kaiowá e Aché, do Mato Grosso do Sul.

Tiane Tessaroto: Graduada em Educação Musical pela Universidade de São Carlos (UFSCAR) e especialista em Cultura Popular Brasileira pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). Atua no Museu do Folclore como pesquisadora.

Dia 15 (quinta-feira): 19h30 às 21h

Mediação: Renata Sparapan

Jociara Souza: Pedagoga e pós-graduada em Psicopedagogia e Educação Especial. Desenvolve trabalhos de promoção e salvaguarda do Jongo em Indaiatuba (SP). Desde 2013 integra o Grupo de Lideranças Jongueiras Paulistas e o Grupo de Lideranças do Coletivo de Jongueiros do Sudeste.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: