Emicida e MC Dricka são indicados para o BET Awards

Agência O Globo | @jornalovale

O rapper Emicida e a MC Dricka foram indicados ao prêmio de hip hop BET Awards, que se realiza nos Estados Unidos. Eles são os únicos brasileiros na premiação, que acontece no dia 27.

Um dos grandes nomes do rap nacional, Emicida concorre na categoria de melhor artista internacional junto com os franceses Aya Nakamura e Youssoupha, os nigerianos Burna Boy (ganhador do Grammy de Global Music este ano) e Wizkid, o tanzaniano Diamond Platnumz e os os britânicos Headie One e Young T & Bugsey. No Instagram, o paulistano agredeceu, em inglês, à indicação.

Já Dricka, nome emergente do funk de São Paulo, conhecida como a Rainha dos Fluxos (bailes de rua que acontecem em favelas como Paraisópolis), concorre a melhor artista internacional na votação do público. Com ela, estão a britânica Arlo Parks e Bree Runway, os franceses Bramsito e Ronisia, a nigeriana Tems e a sul-africana Elaine. No Instagram, a MC pediu aos fãs que votassem nela.

Não é a primeira vez que o Brasil marca presensça na premiação: Em 2020, o rapper mineiro Djonga representou concorreu na categoria melhor flow internacional. Este ano, o BET Awards será transmitido no Brasil, ao vivo, pelo canal MTV, às 21h.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.