Silveiras reencontra tradição tropeira em exibição online de teatro lambe-lambe neste sábado

Da Redação | @jornalovale

A cidade de Silveiras, localizada no Vale Histórico, em meio a Serra da Bocaina, se reencontra com sua tradição tropeira neste sábado, dia 17. A partir das 19h, pelo YouTube, serão exibidos quatro mini-espetáculos que compõem o projeto “Miragens na Caixa”, de teatro lambe-lambe, no canal do Grupo Teatro do Imprevisto (GTI), proponente da iniciativa ao lado do grupo Boneco Vivo, ambos de São José dos Campos. Isso porque o trabalho reproduz em um trecho a prática de antigas tropas de cavaleiros que acampavam na região durante suas travessias por trilhas em busca de ouro, no século 18.

“Miragens na Caixa” promove um passeio artístico, visual, sonoro e interativo pelo imaginário popular das regiões do Vale do Paraíba, Vale Histórico e Serra da Mantiqueira, com influências futurísticas e fantásticas. Em um jogo de luzes, imagens e sons, o elenco manipula os personagens e elementos cênicos dentro de uma caixa, que caracteriza a linguagem do teatro lambe-lambe, ou de miniaturas, nas histórias “Mãe D’Água”, “Histórias de Pescador”, “Procissão das Almas” e “Viagem a Marte”. O estilo arquitetônico de prédios e casas do período colonial, presente na paisagem de Silveiras, ainda é referenciado em miniaturas que compõem o cenário de um dos contos.

A maior parte da apresentação de “Miragens na Caixa” é feita em gramelot, um língua inventada que incentiva o público a usar a imaginação para compor as histórias que se desenvolvem dentro das caixas. Os trechos cantados e falados em português ainda contarão com tradução e interpretação em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).

O projeto “Miragens na Caixa” tem a assinatura e elenco dos grupos Teatro do Imprevisto e Boneco Vivo, de São José dos Campos, direção artística de Tiago Almeida e Iasmim Marques, do Grupo Girino, de Belo Horizonte (MG), e direção musical de Beto Quadros. A iniciativa conta com recursos do Programa de Ação Cultural (PROAC), da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa de São Paulo.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.