Festival POE de Cinema Fantástico retorna para sua 6ª edição com parcerias e novas categorias

Da Redação | @jornalovale

Em sua 6ª edição, o Festival POE de Cinema Fantástico se adapta às estruturas online com uma nova maneira de exibição de seus filmes e uma nova categoria para trazer maior diversidade ao evento. Entre os dias 21 e 30 de abril, serão exibidos 68 filmes na programação, entre produções nacionais e internacionais e mostra nacional competitiva.

As grandes novidades dessa edição são a parceria com a Darkflix, maior plataforma de cinema fantástico da América Latina, e duas novas categorias: Queen Fantástico e Anima Sanja.

A nova maneira de exibição dos filmes é para além de uma necessidade na realidade atual, é também uma oportunidade de aumentar o alcance e as possibilidades do festival, que pretende incluir o formato em suas próximas edições, quem sabe seguindo em realizações híbridas, unindo virtual e presencial. A parceria com a Darkflix potencializa ainda mais o objetivo do Festival POE de Cinema Fantástico de fortalecer o cenário audiovisual, abrir novos espaços de exibição para fazedores do cinema fantástico, trazer entretenimento de qualidade e exibir filmes que muitas vezes estão fora do circuito comercial.

A programação nesta edição conta também com oficinas, bate-papos e apresentações online e gratuitas, e novidades nas categorias de exibição: a Queen Fantástico, filmes com protagonismo e direção de Drag Queens, e a Anima Sanja, uma mostra nacional com animações do gênero terror. A intenção é trazer maior diversidade para o Festival e aproveitar as plataformas online para compartilhar posicionamentos e maneiras de fazer cinema fantásticos diferentes à cena.

Além da exibição de três filmes, a categoria Queen Fantástico contará com um programa especial de estreia para aprofundar o debate e estimular a visibilidade queen em papéis de protagonismo e direção no cinema fantástico. Com apresentação das Drag Queens Alexia Twister, apresentadora de Nasce uma Rainha, da Netflix e Morgana Loren, que está no elenco de um dos filmes exibidos no Festival, o programa terá debates, entrevistas e uma sequência de shows temáticos ao vivo, incluindo uma performance de

Ikaro Kadoshi, do programa Drag me as a Queen do Canal E. A abertura do festival será uma live com Liz Vamp, filha de Zé do Caixão, que abre o festival com uma voz e uma representatividade importante. Neste ano, foram selecionados 68 filmes sendo 50% diretores homens e 50% diretoras mulheres na mostra competitiva. “A cada edição queremos abrir mais espaço para mulheres, negras e negros, brasileiras e brasileiros orientais, povos originários, lgbtqia+. Além disso, O P.O.E tem maioria feminina na organização e isso precisa refletir no festival como um todo.”, conta a organização do evento.

A 6ª edição do Festival POE de Cinema Fantástico é contemplada pelo Edital PROAC Expresso Lei Aldir Blanc (Lei 14.017/2020), através do Governo Federal, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura e Economia Criativa e PROAC.

PROGRAMAÇÃO | Lives

21.4 às 20h – Live com Liz Vamp e Mediação por Patty Fang

23.4 às 14h – Oficina de maquiagem fx - Prótese de vampiros com Dennis Dal Bello e Marcos de Oliveira

24.4 às 20h – Mulheres no Cinema Fantástico – Com as convidadas Monica Demes, Larissa Anzoategui, Geisla Fernandes, Paula Febbe e Mediação por Patty Fang

25.4 às 20h – Queen Fantástico – Apresentações de drag queens e bate papo em prol do fortalecimento drag em papéis de protagonismo e direção no cinema fantástico. Terá presença especial de Ikaro Kadoshi (Canal E – Drag me as a Queen) e Alexia Twister (Netflix - Nasce uma Rainha). Drag Queens confirmadas: Arabella Almeida, Aysha Ganzarolli, Salomé, Akillys, Aria Vieira, Brittany Shine, Christinny Houston, Leona Saloshian, Laura Kardashian, Keity Monfarredj e Hamina.

30.4 às 20h – Anúncio dos vencedores da mostra competitiva com Lula Magalhães, Rosa Guimarães, Filipe Soriano e Soraia Costa

*Duas lives terão tradução em LIBRAS com Zuleica Amara

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.