Viver

Espetáculo "Urubus No Ar", da Cia Quase Cinema, une estética noir e de quadrinhos

Da RedaçãoPublicado em 23/03/2021 às 12:57Atualizado há 24/07/2021 às 03:23
Urubus no ar (Divulgação)

Urubus no ar (Divulgação)

Inspirado no movimento cinematográfico Film Noir, “Urubus no ar”, criação da Cia. Quase Cinema, apresenta uma estética que utiliza as sombras para revelar a miséria do coração humano. O réu aguarda sua sentença, dois mortos e um segredo roubado. Corrupção, farsa, assassinato e traição marcam este espetáculo que revela a fraqueza do homem, que na ânsia pelo poder manipula tudo e todos. Nem a plateia escapa!

Duas histórias dos escritores contemporâneos Micheliny Verunschk e Luiz Roberto Guedes, escritas a partir de um mesmo tema, serviram de mote para a criação de “Urubus no Ar”. O cruzamento destas histórias acontece no tribunal do júri em meio à atmosfera dos filmes Noir, onde elementos da atualidade são o combustível que alimenta a imaginação dos escritores. É deste encontro que foi criada a dramaturgia do espetáculo de sombras, que convida o espectador a refletir sobre os “urubus” poderosos que pairam NO AR.

Uma instalação onde os objetos e elementos cênicos do espetáculo ficam distribuídos no espaço e revelados para o público num diálogo íntimo com as artes visuais, e como em outros trabalhos da companhia, as artes visuais, cinema, literatura, teatro e música se misturam como opção estética para a criação do teatro de sombras.

Contemplada com o prêmio Proac Lei Aldir Blanc, a Cia Quase Cinema, de Taubaté, realiza seis apresentações do espetáculo em seu canal no Youtube, a partir do dia 29 de março. As sessões são diárias e gratuitas (http://www.youtube.com/CiaQuaseCinema1), sempre às 20h e têm classificação de 13 anos.

Assuntos

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: