Cantor Belo é preso por show na escola estadual na Maré durante o carnaval

Agência O Globo | @jornalovale

O cantor Belo foi preso nesta quarta-feira (17) após ter realizado um show no Parque União , no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, no último sábado, dia 13, contrariando as proibições impostas devido à pandemia de Covid- 19, de acordo com o portal G1.

A Polícia Civil investiga, ainda, a invasão ao colégio, já que o local não tinha permissão para a realização do show, ocorrido no sábado de carnaval.

A Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) cumpriu quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão. Uma das buscas foi na sede da empresa que organizou o evento, uma produtora Série Gold.

Os mandados foram expedidos para Marcelo Pires Vieira, o Belo, Célio Caetano, sócio da produtora, Henriques Marques, o Rick, sócio da produtora, e Jorge Luiz Moura Barbosa, o Alvarenga, chefe do tráfico no Parque União.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.