Prédio do Museu do Folclore, no Parque da Cidade, deve ser restaurado em São José

Da Redação | @jornalovale

O CEPC (Centro de Estudos da Cultura Popular) vai apresentar uma proposta para restaurar o Museu do Folclore de São José dos Campos, que funciona no mesmo prédio desde 1997. O projeto arquitetônico vai ser apresentado na próxima segunda-feira, às 19h, de forma virtual e faz parte da campanha ‘É Tempo de Renovar, É Tempo de Restaurar’, como forma de estimular a colaboração da iniciativa privada por meio de incentivo cultural previsto na Lei Rouanet.

“O restauro das edificações contribuirá para a conservação do espaço e preservação de sua importante história para o município, além de oferecer melhores condições de usa pela comunidade”, afirma o presidente do CECP, Ricardo Savastano.

As edificações que compõem o Museu do Folclore – prédio principal e dependências – são tombadas como patrimônio histórico da cidade e foram construídas na década de 20, fazendo parte do complexo da Tecelagem Parahyba, cuja fábrica e fazenda pertenciam a Olivo Gomes. Em 1986 a área foi desapropriada pela Prefeitura e transformada no Parque da Cidade Roberto Burle Marx. A fábrica foi inaugurada em 1925 e funcionou neste espaço até os anos 90.

Outras ações

Além da apresentação da proposta de restauro, o CECP pretende realizar outras ações virtuais ligadas ao Museu do Folclore, que está fechado desde março por conta da pandemia da Covid-19. Duas delas devem acontecer no dia 5 de dezembro: comemoração de 23 anos de inauguração do museu no Parque da Cidade e lançamento do 26º volume da Coleção Cadernos de Folclore, com o título ‘O Museu do Folclore de São José dos Campos – Uma breve história’.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.