Websérie exibe riquezas e curiosidades sobre o maior remanescente contínuo da floresta

Da Redação | @jornalovale

Nesta semana em que se comemora o Dia Nacional da Mata Atlântica (27 de maio), uma boa dica é conhecer em detalhes este que é um dos biomas mais importantes para o país e para o mundo. A websérie “Histórias da Grande Reserva Mata Atlântica”, produzida pela SPVS (Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental) e pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, retrata o maior remanescente contínuo da floresta, uma área de 1,8 milhões de hectares que abrange 46 municípios nos estados de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. E é exibida gratuitamente pelo YouTube.

Os 20 capítulos estão divididos em temporadas um e dois, com vídeos de 5 a 10 minutos de duração. Por meio de histórias de pessoas que vivem o dia a dia da floresta, como moradores, trabalhadores e pesquisadores, os episódios retratam a riqueza ambiental, histórica, cultural e arquitetônica da região, além de oportunidades de negócios baseados na conservação do bioma.

A primeira temporada destaca a importância da Grande Reserva (também chamada de Mini Amazônia), sua fauna, a rica vegetação, as pessoas que encontram nela um refúgio e um modo de subsistência. 

A segunda temporada exibe capítulos que retratam a relação da população local com espécies nativas como a onça-pintada, que faz parte do grupo de animais em risco de extinção no Brasil.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.