Coringa e filme de Tarantino lideram indicações ao Oscar 2020

Thais [email protected]_thais.perez | @jornalovale

Foi dada a largada. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou nesta segunda-feira a lista mais esperada do ano para o cinema. São os selecionados para participar da premiação do Oscar 2020, competição mais visada e conhecida de audiovisual do mundo.

A cerimônia está marcada para acontecer no dia 9 de fevereiro, quando os indicados passarão pelo tapete vermelho antes de encarar a ansiedade de saber quem vai faturar o primeiro lugar.

Se uma indicação já é honra para se colocar em capa de DVD, ganhar o prêmio é estar marcado na história do cinema.

A categoria mais esperada é a de "Melhor Filme", com indicações dos filmes Coringa, Parasita, O Irlandês, Ford vs Ferrari, Jojo Rabbit, Adoráveis Mulheres, A História de Um Casamento e Era Uma Vez em Hollywood.

O filme com mais indicações, surpresa até para os que concorrem, é o Coringa, filme de Todd Phillips lançado em outubro de 2019.

Uma escolha extremamente popular, já que a produção quebrou recordes, chegando a ocupar a sexta maior bilheteria do ano passado. No Oscar, Coringa bate outro recorde, dessa vez histórico: o de maior número de indicações à premiação. O mesmo recorde antes pertencia ao filme Pantera Negra, também relacionado ao mundo dos quadrinhos.

As indicações mostram que o Oscar está cada vez mais atento ao que o público deseja, assim como em outros anos, quando diversificou as indicações para atores e diretores negros depois de protestos da comunidade.

O diretor Quentin Tarantino volta à premiação com dez indicações por Era Uma Vez Em Hollywood, sendo a mais aguardada pelo diretor e roteirista a de "Melhor Roteiro Original". Se ganhar, ele conseguirá se igualar à Woody Allen, que tem tem três prêmios na categoria.

As grandes surpresas nas indicações ficaram por conta de filmes estrangeiros (no ponto de vista da academia). Parasita, do diretor sul-coreano Bong Joon-ho, foi o primeiro longa metragem do país indicado à categoria principal do Oscar.

Democracia em Vertigem, da brasileira Petra Costa, foi indicado à categoria de "Melhor Documentário", filme que surpreendeu já na sua entrada para a lista de possíveis indicações.

As apostar estavam voltadas ao filme A Vida Invisível,do diretor Karim Aïnouz, que superou o longa-metragem Bacurau, de Kleber Mendonça, que era um dos favoritos para a indicação ao Oscar pelo público..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.