Logo Jornal OVALE

Lenine se apresenta com Jazz Sinfônica no Festival de Inverno de Campos do Jordão

Thais Perez | @_thaisperez

A Serra da Mantiqueira é palco de diversos encontros durante o Festival de Inverno de Campos do Jordão.

Neste sábado, o cantor e compositor Lenine se apresenta ao lado da Jazz Sinfônica, cantando suas canções em novos arranjos.

Unindo o popular e o clássico, o show gratuito acontece na Praça do Capivari, prometendo atrair amantes da MPB, adeptos da música clássica e aqueles que só apreciam música pelo que ela é, por como ela soa.

Lenine, que já tocou com a Jazz Sinfônica em outras oportunidades, afirma que não gosta de dividir a música em gêneros.

“Eu tenho uma visão romântica do que é a música. Eu jamais coloco outro adjetivo na frente dessa palavra. Para mim, é tudo música. E música é relação, interação”, explica o cantor em entrevista exclusiva a OVALE.

Misturar e unir: esse foi o objetivo da série de concertos realizados pela Jazz Sinfônica durante todo o Festival de Inverno de Campos do Jordão.

Entre as apresentações já realizadas na concha do festival, estão shows de Carlinhos Brown, que se apresentou ao lado da orquestra no primeiro final de semana do evento e Fafá de Belém, que encantou e animou a plateia mesmo com o friozinho da serra.

“Essa é a magia do momento, todo mundo compartilhando junto. Nesse sentido, a música não muda de estilo para estilo”, completa Lenine.

Vencedor de seis Grammys Latinos, o cantor lançou no final de 2018 o disco ao vivo “Em Trânsito”, com músicas que fizeram parte de sua carreira e inéditas, como a música “Intolerância”.

“Tudo que eu faço é uma crônica. A música tem essa abrangência, de ser um depoimento do que me incomoda e o que me comove na vida. É como se eu fosse um para raio (risos)”, finaliza o cantor e compositor.

No próximo final de semana, o último do Festival de Inverno de Campos do Jordão, é a vez do sambista Diogo Nogueira tocar junto a orquestra, no encerramento do evento, que acontece no dia 28 de julho, domingo.