São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
+ Design
Julho 22, 2020 - 00:00

Atrações da 'Vila' seguem protocolos de segurança


PASSEIO. Marcada por lendas de piratas, o mar que cerca Ilhabela é pontilhado de naufrágios, boa parte disponível para mergulho. Mas, nem só de aventura vive o arquipélago. Localizada a cerca de 6 km da balsa no sentido norte da ilha, a chamada "Vila" guarda em suas antigas construções a história do município.

No píer, os canhões usados para defender o território da invasão de piratas que se aproximavam pelo canal de São Sebastião. As peças da artilharia imperial datam de 1526.

Próximo dali, a igreja Matriz de Nossa Senhora da Ajuda e Bom Sucesso, padroeira da cidade. Situada no Morro do Baepi, o prédio histórico possui 40 metros de comprimento e 10 metros de largura e foi construído por escravos em pedra, conchas e óleo de baleia entre 1697 e 1718. Seu teto exibe a imagem de Nossa Sra. D'Ajuda pintada a óleo. E, na escadaria, São Sebastião, São Benedito, São Pedro e São Paulo.

Ainda na "Vila", a Antiga Cadeia e o Fórum, localizados na praça Coronel Julião. Erguido entre 1805 e 1806, o prédio - hoje, tombado - foi utilizado até o período da República. No térreo, a cadeia, no piso superior, o fórum. Atualmente, o local abriga o centro de visitantes do parque Estadual de Ilhabela.

Fechando o passeio, a Rua do Meio, que possui grande variedade de lojas, galerias, restaurantes e shopping e está localizada também próxima ao píer, em frente a igreja. Local certo para quem quer comprar uma lembrancinha para aguçar a curiosidade daquele que ainda não conhece o arquipélago..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade