+ Design

Cidade aposta em outorga onerosa para direcionar investimentos a áreas vazias

Publicado em 21/10/2019 às 00:00Atualizado há 25/07/2021 às 05:32

ESPAÇOS. O zoneamento quer atrair investimentos para São José e a cidade quer direcioná-los a áreas menos adensadas, criando centralidades. A outorga onerosa foi criada para facilitar a expansão. Pagando-se uma compensação ao município, a regra permite construir acima dos limites máximos. Os construtores também serão estimulados a fazer "fachadas ativas", áreas comuns em prédios para uso da população. "É esse ambiente qualificado que queremos distribuir pela cidade", disse o secretário Marcelo Manara.

Na avaliação do arquiteto e urbanista Flávio Mourão, a cidade quer revigorar o crescimento com novas regras, como a outorga onerosa. "Esse recurso tem que servir para mitigar o impacto da verticalização"..

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: