Sessão Extra: Câmara aprova requerimento que parabeniza OVALE por artigo

Publicado em janeiro, texto 'Bolsonaro, os tiranetes e a imprensa' abordou os ‘tiranetes de plantão’ e seus ataques à liberdade de imprensa

Parabéns
A Câmara de São José dos Campos aprovou nessa terça-feira (6) um requerimento que parabeniza o jornal OVALE por um "excelente artigo" publicado no início do ano "em defesa da liberdade de imprensa e do estado democrático de direito".
Requerimento
Apresentado pela vereadora Amélia Naomi (PT), o requerimento foi aprovado em plenário durante a sessão ordinária dessa terça, com apenas cinco votos contrários.
Artigo
Publicado em janeiro, o artigo 'Bolsonaro, os tiranetes e a imprensa' foi assinado por Fernando Salerno, que é diretor-presidente de OVALE e Gazeta de Taubaté e vice-presidente responsável pelo Núcleo Editorial e de Liberdade de Expressão da APJ (Associação Paulista de Jornais).
Bolsonaro
"O chefe temporário da nação, dada a sua reconhecida incapacidade e inaptidão para o cargo, em vez de se manter cada vez mais silente, faz o contrário, se espelha em ditadores como Nicolás Maduro, da Venezuela, Recep Erdogan, da Turquia, e Victor Orbán, da Hungria, na tentativa de tutelar, encabrestar e silenciar a imprensa profissional para fazer prosperar os seus caprichos pessoais mais comezinhos em detrimento da verdade dos fatos", diz um dos trechos do artigo.
Liberdade de imprensa
"No lusco-fusco do jogo democrático, é normal emergir, aqui e acolá, tiranetes de plantão, cuja inexperiência política e a falta de discernimento intelectual queiram impedir o livre fluxo das ideias e das informações. Ao presidente da República ou a qualquer outro membro do poder público não cabe advogar uma vontade pessoal, mas uma obrigação de vassalagem. À imprensa profissional, ao contrário, cabe a ela se contrapor aos interesses do poder dominante. É seu dever questionar, problematizar e incomodar o poder em nome do direito à informação. Um direito democrático, num país democrático", diz outro trecho do artigo.
Ataques
No requerimento apresentado na Câmara, Amélia afirma que "quando os jornalistas são ameaçados, atacados, censurados ou presos, é um ataque direto à liberdade de expressão de uma sociedade". "Uma democracia forte incentiva uma imprensa livre. Um governo que se coloca em oposição à sua imprensa cria um clima no qual os jornalistas podem se censurar por medo, em vez de um em que o debate sobre questões públicas é 'desinibido, robusto e amplo'", acrescenta petista no texto.
Ofícios
Com a aprovação do requerimento, a Câmara enviará um ofício com a íntegra do texto à APJ (Associação Paulista de Jornais); ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido); ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP); e ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM).

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.