Sessão Extra: Sindicato faz abaixo-assinado contra retorno de aulas presenciais em S.José

Entidade pede que aulas presenciais na rede municipal sejam retomadas somente depois que profissionais da saúde, da educação, estudantes e parentes tenham sido vacinados contra o coronavírus

Abaixo-assinado

O Sindicato dos Servidores de São José dos Campos está organizando um abaixo-assinado para pedir que as aulas presenciais nas escolas da rede municipal sejam retomadas somente depois que profissionais da saúde, da educação, estudantes e parentes tenham sido vacinados contra o coronavírus.

Pandemia

O governo Felicio Ramuth (PSDB) agendou o retorno das aulas presenciais para 8 de fevereiro. Nessa terça-feira (12), o município atingiu a marca de 30.406 casos da doença, dos quais em 603 os pacientes morreram.

Risco

Em nota, o sindicato argumentou que, apesar do número de casos, a gestão tucana “nega o risco de contaminação e, mais uma vez, de forma arbitrária, põe em risco a vida dos profissionais da educação, alunos e familiares”.

Ambiente inseguro

“A escola, somada com a má gestão tucana, não é um ambiente seguro e está longe de oferecer condições sanitárias adequadas para o retorno presencial das aulas. Além disso, os professores não foram consultados previamente e lidam, constantemente, com a falta de transparência da atual gestão”, concluiu a entidade sindical.

Retorno gradual

O governo Felicio alega que o retorno das aulas presenciais será feito de forma gradual e não obrigatória. A gestão tucana argumenta ainda que as escolas receberam máscaras que serão distribuídas para alunos e servidores, face shield (para funcionários), tapetes sanitizantes e termômetro para medir a temperatura. “Será respeitado ainda um distanciamento de 1,5 metro entre os estudantes. As unidades escolares contam ainda com álcool em gel 70%”, diz a Prefeitura.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.