Sessão Extra: Após áudio vazado, Vivi nega que tenha divulgado ‘fake news’ sobre Loreny

Fake news?

A vereadora Vivi da Rádio (Republicanos) usou a tribuna na sessão de Câmara dessa terça-feira (24) para negar que tenha espalhado ‘fake news’ contra a também vereadora Loreny (Cidadania), que concorre à Prefeitura de Taubaté. Vivi apoia o outro candidato que disputa o segundo turno, José Saud (MDB).

Áudio

Vivi se pronunciou após vazar na internet um áudio que ela teria enviado a um dirigente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Taubaté. A conversa teria ocorrido no sábado passado (21).

Prejuízo a comerciantes

“A gente não pode deixar essa menina ganhar em Taubaté, essa menina vai querer prejudicar todos os comerciantes. Você sabe como funciona o PT, você sabe como funciona essa linha PSOL. Você precisa trabalhar todo mundo para votar contra ela. Vai por mim, depois vocês vão estar desesperados”, diz Vivi no começo do áudio. Na realidade, nem o PT e nem o PSOL apoiam Loreny no segundo turno.

Baixaria

“Preciso de vocês militando comigo agora. Essa menina quer implantar banheiro unissex nas escolas, ideologia de gênero para nossas criancinhas, a liberação de aborto, de drogas nas escolas. Se vocês não vierem na luta junto comigo, e a gente perder essa eleição, depois eu não consigo ajudar”, conclui Vivi no áudio.

Sem divulgação

Na tribuna, Vivi afirmou que fez essa fala para um “amigo pessoal”. “Me perguntou sobre ela [Loreny] e eu falei sobre o que eu defendo e o que ela defende”, justificou.

Ataques

Também na tribuna, o vereador João Vidal (PSB), que coordena a campanha de Loreny, lamentou os ataques à candidata do Cidadania. “As agressões que a vereadora [Vivi] fez por áudio à minha colega e amiga Loreny foram chateantes”, afirmou. “Nós temos oferecido o silêncio às agressões que têm acontecido à candidata. Uma mulher, jovem, sofrendo os mais variados ataques”, completou.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.