'Vamos reorganizar o estado', diz Ortiz, ex-prefeito de Taubaté

Em entrevista exclusiva a OVALE, Ortiz Junior fala sobre a reorganização do estado, a pandemia e defende Doria para presidente em 2022: 'Candidato que vai unir o centro'

Xandu [email protected] | @jornalovale

Subsecretário de Assuntos Metropolitanos do governo estadual, Ortiz Junior (PSDB) usa a experiência de ex-prefeito de Taubaté para ajudar na reorganização do estado: "É a pauta".

Em entrevista exclusiva a OVALE, ele falou do trabalho e confirmou o Hospital Regional no Vale Histórico. Confira.

Qual o papel do sr.?

Colaborar na reorganização das regiões do estado. Um conjunto de municípios precisa se reorganizar. Vamos fazer audiências públicas para criar aglomerados urbanos, microrregiões ou regiões metropolitanas, para se ter um fundo único com aporte financeiro do Estado, em janeiro de 2022.

E o diálogo com prefeitos?

Segunda onda veio com gravidade maior. E mostrou que todas as faixas etárias podem sofrer. Acho que os prefeitos estavam mais conscientes desses efeitos. Houve aderência.

Como vê a pandemia no Vale?

Mesmo com a maior gravidade, o Vale sempre foi com a Baixada Santista as melhores regiões, pelo menos na oferta de leitos e na capacidade de ampliação. Mas claro que isso depende de ações dos prefeitos e de a população entender que o problema não acabou.

Projetos para o Vale?

Sou o coordenador do programa 'Novo Vale', pensado para os 17 municípios do Vale Histórico e do Vale da Fé. A ideia é melhorar o desenvolvimento humano por meio de recursos para investimento, como ter um Hospital Regional nessa região, ideia que avança bastante e devemos anunciar em alguns dia.

Onde será o hospital?

Entre Guaratinguetá e Cruzeiro e talvez a solução seja construir um prédio novo. Não há um prédio que se encaixe na assistência hospitalar que o Estado pretende. É definir o modelo e a forma de fazer.

Doria deve ser candidato à Presidência em 2022?

É o candidato mais viável às prévias do partido, mais consolidado, um governador com muito êxito no combate à pandemia. Claro que tem um desgaste. Mas é o governador da vacina e que proporcionou ao país a única esperança da vacinação. Vai unir o centro.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido, assistido, curtido e compartilhado. São mais de 23 milhões de visualizações por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação da edição impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.