Política

Felicio lidera entre homens, mulheres e todas as faixas etárias, diz pesquisa OVALE/TV Band Vale

Com grande margem de sobre os demais candidatos ao Paço Municipal na pesquisa estimulada, atual prefeito lidera em todos os segmentos do eleitorado segundo levantamento OVALE/Band Vale/Paraná Pesquisas

Publicado em 16/10/2020 às 18:56Atualizado há 24/07/2021 às 12:59
O prefeito Felicio Ramuth (PSDB), candidato à reeleição em São José (Divulgação )

O prefeito Felicio Ramuth (PSDB), candidato à reeleição em São José (Divulgação )

A liderança do prefeito Felicio Ramuth (PSDB) no levantamento OVALE/Band Vale/Paraná Pesquisas, com grande margem sobre os demais candidatos ao Paço Municipal, foi verificada em todos os segmentos do eleitorado.

O tucano lidera entre homens e mulheres, entre todas as faixas de idade e também entre os diferentes níveis de escolaridade. Mesmo assim, é possível notar algumas diferenças na intenção de voto entre os segmentos do eleitorado.

Felicio, por exemplo, foi melhor entre homens (50,1%) do que entre mulheres (44,9%). Pela faixa etária, alcançou melhor resultado entre eleitores de 60 anos ou mais (55%), e pior entre aqueles de 16 a 24 anos (35,6%). Pela escolaridade, teve 51% entre os eleitores com ensino superior e 39,9% entre aqueles com ensino fundamental.

Essa é a primeira pesquisa realizada em São José desde que as candidaturas foram registradas na Justiça Eleitoral. No cenário estimulado, Felicio aparece com 47,4% das intenções de voto, mais do que a soma dos resultados dos outros dez postulantes ao Paço. Confira.

LEIA MAIS: Felicio tem 47,4%, Balieiro 7,8%, Renata 7,6%, Nikoluk 5,8% e Cury 3,8%, diz pesquisa OVALE/Band

CANDIDATOS.

Já Wagner Balieiro (PT) foi melhor entre mulheres (8,1%) do que entre homens (7,4%). Pela faixa etária, alcançou melhor resultado entre eleitores de 16 a 24 anos (11,5%), e pior entre aqueles de 45 a 59 anos (6,6%). Pela escolaridade, teve 10,2% entre os eleitores com ensino superior e 5,8% entre aqueles com ensino fundamental.

Renata Paiva (PSD) foi melhor entre mulheres (9,7%) do que entre homens (5,3%). Pela faixa etária, alcançou melhor resultado entre eleitores de 35 a 55 anos (8,8%), e pior entre aqueles de 25 a 34 anos (6,9%). Pela escolaridade, teve 11% entre os eleitores com ensino fundamental e 3,9% entre aqueles com ensino superior.

Coronel Eliane Nikoluk (PL) foi melhor entre mulheres (6,3%) do que entre homens (5,3%). Pela faixa etária, alcançou melhor resultado entre eleitores de 60 anos ou mais (6,7%), e pior entre aqueles de 25 a 34 anos (4,2%). Pela escolaridade, teve 6,7% entre os eleitores com ensino médio e 3,9% entre aqueles com ensino superior.

Dr. Cury (PSB) foi melhor entre homens (3,8%) do que entre mulheres (3,7%). Pela faixa etária, alcançou melhor resultado entre eleitores de 35 a 44 anos (4,4%), e pior entre aqueles de 25 a 34 anos (2,8%). Pela escolaridade, teve 5,8% entre os eleitores com ensino fundamental e 1% entre aqueles com ensino superior.

Marina Sassi (PSOL) alcançou seus melhores resultados entre homens (3,5%), eleitores de 25 a 34 anos (5,6%) e com ensino superior (4,4%). Professor Agliberto (Novo) foi melhor entre homens (3,2%), eleitores de 45 a 59 anos (3,3%) e com ensino superior (5,3%). Anderson Senna (PSL) teve resultado igual entre homens e mulheres (1,8%), e foi melhor entre eleitores de 45 a 59 anos (3,3%) e com ensino fundamental (2,9%).

João Bosco (PCdoB) foi melhor entre homens (1,5%), eleitores de 35 a 44 anos (1,9%) e com ensino médio (2,1%). Luiz Carlos (PTC) alcançou melhores resultados entre mulheres (1%), eleitores de 25 a 34 anos (1,4%) e com ensino superior (1%). Já Raquel de Paula (PSTU) foi melhor entre mulheres (1,3%), eleitores de 16 a 24 anos (3,4%) e com ensino superior (1%).

PESQUISA.

Foram ouvidos 720 eleitores entre os dias 12 e 14 de outubro. Devido às regras de isolamento social, as entrevistas foram feitas por telefone. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n º SP 02999 2020.

Assuntos

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: